Simpósio reuniu grande público da área médica na UNIGRAN.

Segundo o organizador, prof. Luiz Dutra, a idéia é promover um Simpósio de Radiologia a cada quatro meses, trazendo novos temas a cada edição.
Atualizar os profissionais e ampliar o aprendizado de estudantes da área da saúde. Com estes objetivos, o I Simpósio de Radiologia Torácica de Dourados reuniu mais de 200 participantes na UNIGRAN. Promovido pelo Hospital Evangélico e Cerdil Diagnósticos Avançados, em parceria com o ID_CURSO de Fisioterapia da UNIGRAN, foram debatidos em três dias de programação os avanços tecnológicos da radiologia digital e os diagnósticos das anomalias torácicas. A abertura solene do evento, realizado de 7 a 9 de agosto, teve as participações das professoras da Instituição, Adriana Mestriner, diretora da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Angela Midori de Oliveira, coordenadora do ID_CURSO de Fisioterapia, e do diretor do Hospital Evangélico, Paulo Nogueira. Os palestrantes convidados foram os médicos radiologistas Mauro Esteves, do Hospital Pró-Cardíaco, do Rio de Janeiro, e Luiz Dutra, coordenador do evento e professor da UNIGRAN, assim como o fisioterapeuta Israel dos Santos, docente no ID_CURSO de Fisioterapia. Médicos, enfermeiros e fisioterapeutas de Dourados, além de acadêmicos da UNIGRAN e das universidades locais, foram maioria no público que interagiu com os palestrantes. “É um evento muito importante de ensino e atualização de profissionais e acadêmicos”, disse professor Luiz Dutra, que propõe a realização de três desses eventos por ano, na área de Radiologia. Agradecido pelo convite em participar do Simpósio e de poder contribuir com o aprimoramento acadêmico dos estudantes da área da saúde, Mauro Esteves, do Hospital Pró-Cardíaco, abordou temáticas sobre atendimento a pacientes com insuficiência respiratória e a avaliação do tórax nos pacientes internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Ele destacou ainda as doenças oncológicas, como a avaliação do nódulo pulmonar e o estadiamento do câncer de pulmão, como também às doenças emergenciais da aorta, a embolia pulmonar e o trauma torácico. Na área da fisioterapia, o professor Israel dos Santos destacou a importância do tratamento multidisciplinar e a interação dos profissionais envolvidos no diagnóstico da radiologia para melhor avaliar os pacientes. Ele abordou a avaliação radiológica na insuficiência respiratória e os benefícios da fisioterapia através dos métodos de imagem. (FV)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran