Professores do Sistema Anglo debatem metodologias de provas.

Leila Renzi diz que as provas não devem ser somente complexas ou simples demais, o meio termo é necessário.
Professores da Escola Decisivo-Anglo, integrante do Sistema Anglo de Ensino em Dourados e região, participaram sábado (7), na UNIGRAN, do ID_CURSO de elaboração de prova escrita. Ministrado pela palestrante Leila Renzi, autora do material de Português I e II para o Ministério da Educação e Sistema Anglo, as atividades abordaram a atuação do professor na avaliação do aluno em sala de aula. O encontro contou também com professores das disciplinas de Português, Biologia e Matemática, com os autores dos livros do Anglo. Definir objetivo das metodologias de ensino são parâmetros fundamentais considerados pela professora Leila Renzi para estabelecer o formato da prova. Ela comenta que, muitas vezes, os educadores esperam bom rendimento dos alunos na avaliação, no entanto, os resultados ficam abaixo do esperado. “É necessário redefinir os conceitos avaliativos”, explica. Renzi acredita que nas avaliações bimestrais não se deve aplicar apenas a “matéria nova”, é necessário retomar 25% do que foi estudado no conteúdo anterior. O restante, 75%, seria o conteúdo novo. “É preciso que o professor esteja atento e avalie o aluno apenas com o que foi lecionado em sala de aula”, alerta. Ela conta que a elaboração da prova deve ser pertinente nas escolhas (dissertativa, teste, consulta,) para estabelecer o grau de exigência da avaliação. Conforme a complexidade é necessário aplicar menos questões. A professora diz que a prova não deve ser somente complexa ou simples demais, é imprescindível ter o meio termo. Para melhor orientar o aluno, ela aponta como fatores importantes hierarquizar e citar o valor das questões, estar atento à precisão do vocabulário e objetivar clareza no enunciado das perguntas. “A prova não pode ser uma novidade, tem que avaliar apenas o foi desenvolvido em sala de aula. É uma tarefa árdua ao professor, porém enquanto mais adequada, mais precisa será a avaliação”. A aplicação da prova está ligada ao método pedagógico da escola, mas a especialista defende que o professor deve elaborar o exame de acordo nível das dificuldades da turma sem distinção da disciplina curricular. Depois da palestra geral direcionada aos professores do Anglo em Dourados, Maracaju, Nova Andradina, Ponta Porã e Campo Grande, atividades complementares específicas deram continuidade ao ID_CURSO com palestras direcionadas aos conteúdos de Português, Biologia e Matemática. Para pais e alunos, as palestras aconteceram na sexta-feira, com temas relacionados ao rendimento de conteúdo e à apresentação do Sistema Anglo de Ensino. (FV)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran