Mesa redonda encerra evento de Serviço Social da UNIGRAN.

Debatedores e participantes abordaram temas ligados à família, objeto de um dos mais importantes programas sociais do país.
O V Simpósio de Serviço Social da UNIGRAN foi encerrado com debates sobre família, fraternidade e defesa da vida humana, na sexta-feira, 16. O evento contou com as participações especiais do padre Crispim Guimarães e do médico José Carlos Chaves, professor da UFGD, e dos professores do ID_CURSO, Valdir Costa, mediador dos debates, Fábio Henrique Leite, da área de Filosofia, Rosemeire Navarro, de Psicologia, e da coordenadora do ID_CURSO, Edna Ferreira Strujak. Os debatedores trataram de assuntos relacionados à estabilidade da família – tema central o Simpósio deste ano –, como aborto, educação, trabalho e fraternidade. A professora Edna Strujak, que atuou vários anos como voluntária no atendimento a famílias de Curitiba, falou dos programas sociais do passado, que não deram os resultados esperados, dizendo que o sucesso do atual “Pró-Família” depende do profissionalismo dos assistentes sociais e profissionais de outras categorias que atuam no Serviço Social. Para ela, a questão da proteção à família é multidisciplinar e exige capacitação dos profissionais, para criar programas de educação e geração de renda, em lugar de bolsas e doações. “Nosso trabalho é o contrário do assistencialismo, é fazer as pessoas pensarem na justiça social e nas políticas públicas, então, o Pró-Família vai depender de competência, de habilidade profissional da equipe, senão, não vai funcionar”, disse. O Simpósio teve apoio do Conselho Regional de Serviço Social de Mato Grosso do Sul. (JR)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran