Acadêmicos de Serviço Social desenvolvem oficina de motivação profissional.

Momentos de descontração e reflexão da vida pessoal e profissional foram temas trabalhados pela pedagoga Tatiany Fernandes.
Em um mercado competitivo, trabalhar com pessoas motivadas faz a diferença. Estabelecer a relação saudável pelo atendimento são peças chaves, uma vez que uma equipe ou pessoa desmotivada resulta na perda de uma série de fatores, implicando na carreira pessoal e profissional. Para mostrar aos acadêmicos da a importância do Assistente Social no atendimento humanizado, a pedagoga Tatiany Fernandes Barbosa, ministrou oficina de “Motivação Profissional”, na quarta-feira, no V Simpósio de Serviço Social da UNIGRAN. Momentos de descontração e reflexão marcaram a palestra. Uma das características importantes para oferecer o melhor atendimento é o ambiente de trabalho, não apenas pelas boas instalações, mas com o quadro efetivo de profissionais motivados para desenvolver as funções. Na convivência com pessoas que possuem valores, necessidades, vidas e objetivos diferentes, a pedagoga explica que o processo motivacional deve iniciar pelas buscas de respostas das ações e atitudes que são realizadas no dia-a-dia. “A motivação começa de dentro para fora, a pessoa tem que descobrir o verdadeiro eu”, define. A oficina iniciou com momentos de descontração para os alunos sentirem-se a vontade e perder a timidez. Descobrir a identidade e observar o interior foi a principal temática desenvolvida pela pedagoga. Foram realizados dez exercícios de dinâmicas ao som de vários estilos musicais. Sem palpitar ou apresentar soluções as diferentes particularidades de cada acadêmico, os exercícios colocavam os alunos a refletir sobre suas ações no trabalho, no convívio com a família, com as pessoas. A dinâmica do “olho no olho” e “espelho” foram os trabalhos mais importantes considerados pela pedagoga. Ela conta que ao olhar no olho do outro, a pessoa passa enxergar a si mesmo. Já o exercício do espelho, realizado com a distribuição de presentes dentro de caixas, ao abrir o pacote encontrava-se o espelho. Eles tinham que se alto avaliar. O momento mais marcante do encontro foi quando a pedagoga pediu para que eles escrevessem em um papel as dez coisas mais importantes da vida. A dinâmica pedia para que aos poucos fossem se desfazendo das escolhas. A música de fundo e a difícil tarefa de abandonar o que considera importante faziam com que os alunos se emocionassem. Restou apenas uma escolha, a mais importante. Para finalizar o encontro, Tatiany Fernandes Barbosa deixou como mensagem a reflexão sobre as atividades exercidas na vida pessoal e profissional. Apresentando que todos têm capacidade de enfrentar desafios e romper barreiras, concluiu que a motivação é o fator que condiciona o crescimento de um indivíduo e que sempre a tempo de começar uma nova vida. Motivação A acadêmica Izenir Matos, do 3º semestre de Serviço Social, conta a oficina serviu como um ponto de referência para analisar a vida pessoal e profissional. Desenvolver o melhor trabalho com os clientes tem como iniciativa a motivação, avalia a aluna. “As dinâmicas mostraram para nós a importância de trabalhar em grupo e o resultado do que o público espera do nosso trabalho, de como estamos atuando no mercado de trabalho”, comentou. Direcionada aos acadêmicos de Serviço Social, a temática chamou atenção de alunos de outros ID_CURSOs. A estudante de enfermagem, Maria dos Santos, achou interessante o assunto e participou do evento. Ela conta que conseguir os objetivos profissionais passa pela disposição e motivação que cada pessoa tem. “A oficina fez cada participante avaliar sobre si mesmo, e é importante pararmos para pensar sobre nós, em momentos como esse [na oficina], porque, no dia-a-dia, pouco damos essa importância”, analisou. (CM)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran