Aula magna de Farmácia debate perspectivas profissionais

Valorização do farmacêutico, para conquistar seus espaços no mercado de trabalho, foi defendida pelo presidente do CRF/MS, Ronaldo Abrão.
O perfil de atuação do profissional, o mercado de trabalho, as perspectivas da profissão e os aspectos legislativos foram temas da aula magna de 2008, do ID_CURSO de Farmácia da UNIGRAN, nesta segunda-feira. Os assuntos foram abordados pelo presidente do Conselho Regional de Farmácia (CRF), Ronaldo Abrão. “Temos que valorizar a nossa profissão e somente juntos, debatendo os desafios é que vamos conquistar o nosso espaço”, disse Abrão. A diretora da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Adriana Mestriner, fez abertura da aula, falando sobre a importância da ética profissional. “Com responsabilidade, visão cientifica e focando a atenção no ser humano, certamente todos vão conseguir espaço no mercado de trabalho”, declarou. Ela destacou também a importância do profissional na orientação do paciente, para que ele possa ter garantia e eficácia desejada no tratamento. Entre os desafios da profissão, o presidente do Conselho falou da concorrência entre as grandes empresas, que formam redes de franquias e, em baixo custo, comercializam medicamentos juntamente com produtos que não são relacionados à saúde. “Muitas drogarias se transformaram em conveniências. A profissão do farmacêutico não está relacionada em dividir suas funções com o comércio em geral”, criticou, explicando que o Conselho fiscaliza todos os estabelecimentos farmacêuticos do Estado. Uma das questões apontadas por ele é que o farmacêutico passou a atuar nos laboratórios, na análise clínica e as farmácias passaram a ser operados por balconistas. “Temos cerca de 1.800 profissionais no Estado e estamos conquistando o nosso espaço. O medicamento, por ser bem social não pode ser visto como uma mercadoria qualquer,” alertou. Para valorizar o trabalho do farmacêutico e assegurar o bom atendimento à população, o CRF/MS é o terceiro órgão do país que mais fiscaliza os estabelecimentos comerciais. Uma das questões debatidas durante a aula magna foi a permanência do profissional durante o horário de funcionamento da farmácia. Segundo o coordenador do ID_CURSO de Farmácia, André Mueller, discutir os desafios da profissão e debater os princípios éticos é uma forma de tornar os acadêmicos críticos sobre as atividades que envolvem a profissão. Participaram da aula magna todas as turmas do ID_CURSO de Farmácia, do período matutino e noturno. (FV)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran