MEC mudará regras do Fies para atender ramos carentes

BRASÍLIA - O Financiamento Estudantil (Fies), programa de crédito educativo do Ministério da Educação (MEC), vai priorizar o atendimento a universitários dos ID_CURSOs de engenharia, geologia e licenciatura (formação de professores), anunciou ontem o ministro Fernando Haddad. Instituições com bons resultados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), teste substituto do Provão, também deverão ser beneficiadas. As novas regras do Fies serão anunciadas até fevereiro. O governo estuda reduzir os juros dos empréstimos para estudantes de áreas prioritárias, numa tentativa de estimular a formação de engenheiros e geólogos. Isso já ocorre no caso das licenciaturas. Outra possibilidade é garantir o atendimento de toda a demanda por financiamento nessas áreas, destinando às demais apenas os reID_CURSOs que sobrarem. “Queremos mais engenheiros no Brasil”, disse Haddad. O ministro disse que conversou com o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, de quem ouviu o pedido para que o MEC canalize esforços na formação de mão-de-obra qualificada para dar conta da expansão do setor. As obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) também aumentaram a demanda por novos profissionais. Já a formação de professores está no centro das preocupações do MEC. Além da falta de docentes de física, química e matemática no ensino médio, Haddad sabe que o sucesso do Plano de Desenvolvimento da Educação lançado em 2007 depende da qualificação do magistério. Um dos maiores desafios é conseguir que os novos professores saiam da faculdade sabendo, de fato, ensinar. Criado em 1999, o Fies beneficiou 457 mil estudantes de instituições particulares. O investimento do governo foi de R$ 4,8 bilhões. O Fies dá um empréstimo durante o ID_CURSO. O pagamento da dívida principal só ocorre após a formatura. Segundo Haddad, o Congresso flexibilizou a exigência de fiador para facilitar o acesso ao crédito. Também autorizou o Fies a bancar 100% do valor das mensalidades, antes a parcela era de 50%. ID_CURSOs reprovados no Enade, com conceitos 1 ou 2 na escala até 5, não podem receber novos alunos beneficiados pelo Fies. Os estudantes podem ter mais informações sobre o Fies pelo telefone 0800-726-0101. Alunos atendidos pelo programa Universidade para Todos (ProUni) com bolsas que cobrem 50% do custo das mensalidades podem recorrer para ter cobertura integral. (Jornal do Commercio)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran