Na Semana da Amamentação, ID_CURSO de Nutrição destaca a importância do aleitamento materno.

Nutricionista Laysa Brito fala sobre o leite materno e o serviço que será prestado pelo banco de leite de Dourados.
Apoiando a Semana Mundial da Amamentação, de 1 a 7 de agosto, o ID_CURSO de Nutrição da UNIGRAN se mobilizou, nesta quarta-feira, para divulgar o valor do leite materno, em atividade de orientação, no shopping “Avenida Center”; e na realização de duas palestras, no anfiteatro da Instituição, que trataram dos benefícios do aleitamento no peito e dos prejuízos causados à criança, por reID_CURSOs artificiais de amamentação. Na palestra “Malefícios do uso de mamadeiras e chupetas”, a fonoaudióloga do Hospital da Mulher, Simone Espinosa, discutiu as dificuldades apresentadas por bebês que não consegue mamar no peito, após terem sido alimentados com mamadeira. Ela explicou que, quando é oferecida a alimentação no peito, a esses bebês, eles se cansam com mais facilidade e desistem de mamar. E mamando menos, a produção do leite da mãe diminui. Neste ano, a campanha da Organização Mundial de Saúde está sendo desenvolvida, no Brasil, pelo Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Pediatria e pelo Movimento Pacto Nacional pela Redução da Mortalidade Materna e Neonatal, sob o tema “Amamentação na primeira DATA_HORA, proteção sem demora”. Segundo pesquisas médicas, é muito importante que o bebê mame no peito da mãe logo na primeira DATA_HORA de vida. Segundo Laysa Paes de Brito, nutricionista da maternidade do Hospital da Mulher, o aleitamento do bebê, logo ao nascer, lhe assegura a formação de defesas imunológicas contra várias doenças neonatais. Ela explicou que a amamentação no peito promove também a saúde da mãe – reduz os riscos de hemorragia, ajuda o útero a voltar ao tamanho de antes da gravidez e, também, na própria produção de leite, sem contar o fortalecimento dos laços de afeto com a criança. Em sua palestra, Laysa Brito falou também sobre as atribuições do nutricionista em banco de leite, como o que está sendo inaugurado em Dourados. O banco de leite “Hilda Bergo Duarte” atenderá, principalmente, aos bebês nascidos prematuramente e que estejam internados em hospitais da cidade. Para ela, o leite pode salvar vidas, mesmo as de bebês que não podem mamar no peito. “O alimento nutricionalmente perfeito, completo, é o leite materno, um alimento que salva vidas, mesmo”, reafirmou Laysa. A nutricionista tratou ainda da complexidade da coleta, classificação e armazenamento do leite materno, o que é recompensado pelos resultados positivos que esse trabalho traz na redução da mortalidade infantil. Por isso, as mulheres que têm leite sobrando, podem ser que se cadastrem neste solidário. O telefone para informações sobre o banco de leite de Dourados é (67) 3411-7810. (BD-JR)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran