Em pré-congresso na UNIGRAN, Conselho de Psicologia reafirma compromisso social da profissão.

Pres. do Conselho Regional, Marisa Helena, diz que o consultório não é mais o único espaço da Psicologia. Na foto, Renan Soares (e) e Marcos Gustavo.
O Conselho Regional de Psicologia, que agrega profissionais dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, realizou na UNIGRAN, sábado, um dos pré-congressos preparatórios ao “VI Congresso Regional de Psicologia”, que acontecerá em Campo Grande, nos dias 4, 5 e 6 de maio, e que vai tratar do novo perfil da profissão. Os participantes do pré-congresso de Dourados deliberaram, em assembléia, sobre nove temas que querem ver incluídos nas discussões, durante o Congresso. As proposições tratam da atuação profissional do psicólogo além do consultório. A presidente do Conselho Regional de Psicologia, Marisa Helena Alves, observa que as políticas públicas – de educação, saúde, trabalho, segurança pública, inclusão social – são exemplos de novos campos para os profissionais. Ela destaca que o próprio mercado de trabalho está demandando novas formações e especializações dos profissionais, mas observa que a ocupação dos novos espaços deve ser feita como compromisso social da profissão. Nessa linha de pensamento, o profissional atua em uma diversidade de locais e situações, procurando fazer com que as pessoas ganhem qualidade de vida. “Onde uma pessoa estiver em situação de necessidade, o psicólogo poderá intervir, [porque] acima de tudo, o nosso objeto de trabalho é a subjetividade humana, e é o humano em situação em que ele necessita de ajuda profissional para que possa utilizar os seus reID_CURSOs internos e vencer as dificuldades que são impostas no cotidiano a ele, essa é a grande característica da Psicologia”, disse Marisa Helena. No pré-congresso de Dourados, os participantes escolheram as delegadas que representarão os profissionais da região no Congresso do mês que vem – as psicólogas Cláudia Aguiar Pedroso Bezerra, Ekelis Cris Pires Sales e Marinez Santana Gimenes, que cedeu lugar para a suplente Juliana da Silva Monteiro. As delegadas terão voz e direito a votos no Congresso. Já as acadêmicas Andréia Muza Custódio e Roseli Vieira da Silva Takahashe foram eleitas representantes do corpo discente de Psicologia e participarão dos debates na posição de ouvintes. Dentro da redefinição dos compromissos da profissão e do novo perfil do psicólogo, a coordenadora do ID_CURSO de Psicologia da UNIGRAN, Aletéia Henklein Ferruzzi, destaca a formação oferecida pela Instituição, voltada para o meio social, e a vivência dos acadêmicos em um grande número de projetos de extensão e estágio desenvolvidos no Núcleo de Psicologia da Instituição. Por meio dele, acadêmicos e professores atuam na comunidade indígena e nos bairros pobres de Dourados, bem como em escolas, empresas, postos de saúde e nas atenções individuais e em grupo à população carente. “O Núcleo de Psicologia atende gratuitamente a pessoas de qualquer classe social, principalmente, a carente, que nos procuram. Então, existe o consultório particular, mas a atuação do psicólogo também é voltada para as populações mais necessitadas”, ressalta Aletéia. A professora destaca ainda a participação de alunos e egressos do ID_CURSO de Psicologia da UNIGRAN nas atividades promovidas pelos Conselhos da categoria. (JR)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran