Acadêmicos de Farmácia comemoram sucesso da Jornada Acadêmica.

Presidente do CRF-MS, Antônio Paniago, foi um dos palestrantes do evento que trouxe à discussão a atuação generalista do farmacêutico.
A “III Jornada Acadêmica de Farmácia” foi considerada um sucesso de realização pelos acadêmicos da UNIGRAN. O evento teve como objetivo principal oportunizar debates sobre o papel do farmacêutico na saúde pública e acerca do aproveitamento da biodiversidade brasileira na pesquisa e produção de medicamentos, bem como atualizar os alunos sobre a síntese de fármacos. Segundo os organizadores do evento, os mini- ID_CURSOs e as palestras realizados nesta Jornada foram desenvolvidos dentro de uma visão crítica do setor farmacêutico. A Jornada foi encerrada nesta quarta-feira, com atividades acadêmicas e de confraternização promovidas na Casa de Medicina Veterinária da UNIGRAN, no Parque de Exposições “João Humberto de Carvalho”. A organização do evento foi feita pelo Diretório Acadêmico de Farmácia, em parceria com a Coordenação do ID_CURSO e participação dos próprios acadêmicos na seleção dos temas. Os depoimentos dos alunos mostram o acerto das escolhas. “As palestras colaboraram muito para a nossa vida acadêmica, e a que mais me chamou atenção foi a de atuação do Farmacêutico na Oncologia. Penso até em fazer essa especialização”, afirmou a acadêmica Juliana Polesl, do 1º semestre do ID_CURSO, ainda, mas já pensando na vida profissional. Para o presidente do D.A., Cléber Massato Toda, os objetivos da Jornada foram alcançados. “O nosso público esteve presente em todas as palestras e, na organização geral, nós atingimos a nossa meta”, disse. Nos mini-ID_CURSOs, os acadêmicos tiveram aulas práticas e teóricas sobre técnicas de injetáveis, análises clínicas, pressão arterial, punção venosa e técnicas voltadas à emulsão e xaropes. A biodiversidade brasileira, com seus inúmeros reID_CURSOs ainda por serem explorados, foi um dos assuntos de destaque. O professor André Mueller analisa que muitos estudos sobre a síntese de medicamentos, a partir de plantas e outros produtos naturais, estão sendo feitos. Entretanto, o número de patentes nacionais de medicamentos não corresponde ao volume de pesquisas. O professor comentou que as universidades e os institutos de pesquisa necessitam de incentivos e de uma política mais bem definida para melhor se aproveitar os reID_CURSOs da biodiversidade do país. “A gente vê que as pesquisas ampliaram absurdamente no Brasil nos últimos 20 anos, mas quando a gente fala de patentes, que dão o retorno financeiro para o país, houve uma queda dessas patentes. Então, acho que falta uma política para direcionar a síntese de novas drogas, para a gente produzir, junto com as universidades e institutos de pesquisa como nos outros países”, disse o farmacêutico. Na abertura, a Jornada teve a participação do presidente do Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso do Sul (CRF-MS), Antônio José Paniago Neto, que mostrou aos acadêmicos a importância da formação generalista do farmacêutico. Ele observa que os princípios do SUS – de tratar da saúde, e não da doença, olhando para os aspectos psíquicos e sociais do paciente – estão sendo consolidados. Nesse contexto, o profissional de Farmácia deve ampliar o seu foco de atuação, não devendo limitar-se aos estudos com medicamentos. “O farmacêutico tem papel essencial em educação em saúde, nos cuidados com o uso de medicamentos, fármaco-vigilância, prevenção, hábitos de vida, ambiente, aspectos sanitários e acesso à saúde, e é preciso que o farmacêutico assuma a posição de generalista, conhecedor de saúde pública e não só de medicamentos”, disse Antônio Paniago. Nas outras palestras da Jornada de Farmácia, a farmacêutica Irene Tozzi Junquira Franco tratou de “Fracionamento de Medicamentos”; a professora Juliana Scanavacca, de Legislação de Fitoterápicos; Ângela Moreira da Fonseca, de “Atuação do Farmacêutico na Oncologia”; e a professora Attiliane Vendruscolo, falou sobre o “Centro de Informação de Medicamentos e Farmacovigilância e Farmácia”. (IB-MA-JRA)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran