Professores do Estado elogiam ID_CURSO de capacitação elaborado pela UNIGRAN.

150 professores do Ensino Médio noturno estão se atualizando em ID_CURSOs ministrados por profissionais da UNIGRAN, em Ponta Porã, pelo Pro-IFEM.
Professores das cidades de Aral Moreira, Bela Vista, Mundo Novo e de Ponta Porã, que desde ontem participam do ID_CURSO de capacitação de professores do Ensino Médio noturno, em Ponta Porã, se dizem atendidos em suas expectativas. Eles elogiaram as atividades que estão sendo dirigidas por docentes da UNIGRAN e a recepção que tiveram. Da acomodação e transporte dos profissionais ao projeto pedagógico, tudo está sendo coordenado pela Pró-Reitora de Ensino e Extensão da Instituição. “Eu estou gostando muito da organização, do hotel reservado, da alimentação e do material. Está mesmo passando a idéia de formação continuada”, disse o coordenador pedagógico da Escola Estadual “Fazenda Itamarati”, José Carlos de Brito. A Escola, uma das duas que ficam no maior assentamento rural do país, tem 1.185 alunos. O ID_CURSO em andamento em Ponta Porã, cuja parte presencial será concluída nesta quarta-feira, será ministrado também em Dourados, Três Lagoas, Campo Grande, Naviraí, Coxim e Corumbá, entre 20 de fevereiro e 24 de março. Após as atividades presenciais de 30 DATA_HORAs, os ID_CURSOs terão continuidade a distância, por mais 90 DATA_HORAs. Ao final, serão certificados 1.500 professores da rede pública que atuam no Ensino Médio e na Educação de Jovens e Adultos, no período noturno. Esse projeto é realizado com apoio do Programa Nacional de Incentivo a Formação Continuada de Professores do Ensino Médio (Pro-IFEM/MEC) e da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul. A realização é da UNIGRAN, que venceu licitação pública aberta para a contratação da IES responsável pela execução desse projeto. Em Ponta Porã, estão reunidos cem professores e professoras que deixaram suas cidades por três dias, para se juntarem a cinqüenta colegas da cidade-sede, com o objetivo de atualizar seus métodos e conhecimentos e oferecer melhores aulas às suas turmas de alunos. Os participantes reconhecem que só assim poderão conter a evasão escolar e aumentar o aproveitamento dos alunos. “Até o momento, [o ID_CURSO] está atingindo o que a gente estava buscando. Nós temos um problema com a evasão escolar e a realidade dos nossos alunos que estudam a noite é diferente dos que estudam de manhã ou à tarde. Por isso que é bom a gente estar sempre modernizando nosso conhecimento”, disse a professora de Geografia Nilma Rodrigues, de Ponta Porã. Com opinião semelhante, outro professor de Geografia, Eugênio Pereira Freire, da Escola João Vitorino Marques, de Aral Moreira, entende que as mudanças obrigam os educadores a atualizarem suas capacitações de tempos em tempos. “Nós temos um ID_CURSO de licenciatura plena, somos todos formados, mas algo importante é o avanço tecnológico, brusco, rápido, que faz com que nós precisemos buscar informações mais precisas para passar para os nossos alunos. Estamos nos sentindo honrados e privilegiado de estar participando dessa capacitação”, falou. Os professores participantes destacam, de forma especial, a publicação de artigos científicos que serão produzidos por eles. Essa outra expectativa vai ser atendida pela UNIGRAN com a publicação de uma revista eletrônica, criada especialmente para a produção científica dos participantes do Pro-IFEM. “Eu acho fundamental a universidade, com o apoio da secretaria de educação fazer esse trabalho. Antes, éramos obrigados a fazer um projeto, mas não tínhamos embasamento. E quando o fazíamos, o projeto não saía da Escola. Agora, temos um eixo, um norte, para nos guiar”, disse o professor de Biologia Willian Bitencourt, da Escola Estadual José Écio Domingos, a segunda do Assentamento Itamarati, com 1.480 alunos. Também a gestora de Ensino Médio da Secretaria Estadual de Educação, Veronice Lopes de Souza Braga, elogiou, dizendo que os trabalhos estão sendo desenvolvidos com “muita competência e está atendendo aos anseios do público”. “Isso que é o importante. O nosso professor está mudando a forma de estar agindo e de estar atuando, enquanto professor, enquanto pesquisador, e ele quer isso [atenção]”, comentou a gestora. Os professores orientadores, de outro lado, estão contentes com a produtividade das palestras e dos grupos de trabalho que se formaram, em três grandes áreas, para refletir sobre várias temáticas e elaborar pré-projetos de aulas, já colocando em prática novas idéias e orientações. “Tudo foi preparado para isso, para permitir uma troca, um momento realmente de reflexão”, disse a professora Rute Josgrilberg, da área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. A pró-reitora de Ensino e Extensão, professora Terezinha Bazé de Lima, disse que o diferencial na proposta da UNIGRAN, ao lado dos enfoques metodológicos e técnicos, é a valorização dos professores. Elevar a auto-estima deles como profissionais é uma das principais metas do ID_CURSO. “Quando falamos em formar o professor-pesquisador, em trabalhar com pesquisa, é porque a pesquisa é um dos requisitos que eleva a nossa auto-estima, a nossa intelectualidade, nossa capacidade critica”, explicou a professora, acrescentando que as avaliações positivas recebidas até agora decorrem também da integração e da determinação dos ministrantes em darem o melhor de si nesse trabalho, “a gente se uniu num propósito, que a nossa marca ia ser a marca da dedicação, do trabalho, do entrosamento, da alegria e do prazer, e aí estão, os ID_CURSOs sendo elogiados e estamos realmente cumprindo as metas”.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran