Núcleo de Psicologia deverá atender a demanda maior em 2004.

Profª Rosemeire Navarro fala dos novos projetos para a população de baixa renda e diz que o Núcleo da UNIGRAN tornou-se referência para os pacientes.
O balanço dos 35 mil atendimentos realizados nos primeiros doze meses de funcionamento do novo Núcleo de Psicologia da UNIGRAN será disponibilizado em breve neste site. O Núcleo terá uma seção exclusiva, com os seus projetos e história, desde 2002, quando começou a funcionar em frente ao Fórum de Dourados. Hoje, muito em razão dos casos de sucessos, ele está se tornando cada vez mais conhecido da população que depende dos serviços de saúde pública. Uns o recomendam a outros e a propaganda tem encontrado muitas pessoas que sofrem solitárias de males como depressão e ansiedade, por exemplo, ou que têm dificuldades com filhos e problemas de relacionamento que requerem ajuda. “Nós temos observado a quantidade de pessoas que vêm buscar atendimento indicadas por outras”, confirma a coordenadora do Núcleo de Psicologia, professora e psicóloga Rosemeire de Souza Navarro, que ressalta a importância do Núcleo para as famílias de baixa renda, “nós procuramos atender da melhor forma possível a população carente e já conseguimos nos tornar referência para uma boa parte dessa clientela”, orgulha-se. Na estimativa da professora Rosemeire Navarro, deve acontecer um aumento na demanda pelos serviços gratuitos da UNIGRAN nessa área da saúde. No ano passado, houve até pacientes em filas de espera. “Mesmo que tivéssemos cem alunos, ainda assim teria sido pouco para atender à demanda”, disse a coordenadora do Núcleo. Ela explicou que a equipe do ID_CURSO de Psicologia reorganizou alguns e criou outros projetos de atendimento clínico para dar conta do aumento de demanda. Um deles é de aconselhamento emergencial, que exige intervenção rápida, para pacientes que precisam ser acolhidos no momento de sua dor, e, posteriormente, encaminhados para terapia em grupo, para psicoterapia ou possam ser liberados. “Com isso, estamos conseguindo atender a um maior número de pessoas com qualidade e, conforme vão surgindo outras necessidades, nós vamos montando outros grupos de trabalho”, disse a professora Rosemeire Navarro. Dentre os grupos de estagiários e orientadores a que ela se refere, dois desenvolvem projetos no campo da Psicologia Infantil: um é voltado para o tratamento de dificuldades de aprendizagem e ou outros é de Arte-Terapia, para meninos e meninas que sofreram algum ID_TIPO de violência. Segundo a coordenadora do Núcleo de Psicologia, as crianças integram a maior parte dos pacientes em atendimento clínico. Outros projetos ajudam pacientes a saírem do quadro de depressão, por meio de trabalho em turmas separadas de homens e de mulheres. “Esses projetos estão em andamento e as pessoas podem nos procurar, se sentirem que precisam, sem necessidade de encaminhamento”, falou a coordenadora do Núcleo de Psicologia. Afora os atendimentos clínicos, individuais e em grupos, os acadêmicos desenvolvem atividades em empresas, na área da Psicologia do Trabalho; em escolas, prestando orientação a professores, pais e alunos no campo da Psicologia da Educação; além de ações em comunidades de bairro, hospitais e clínicas onde assistem grupos de idosos e pacientes que sofrem de hipertensão, por exemplo. O Núcleo de Psicologia também promove ID_CURSOs de extensão para capacitação e atualização de profissionais e estagiários em áreas como a psicanálise e a TCC (Terapia Cognitivo-Comportamental), que é uma das linhas de maior destaque no tratamento de transtornos da ansiedade.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran