Educação Física inclui a leitura no Projeto a "UNIGRAN Vai à Comunidade".

Como no sábado passado, a leitura é um exercício que passou a integrar um dos maiores projetos de extensão da UNIGRAN para a comunidade.
A leitura ganhou espaço nas atividades de Educação Física que são desenvolvidas no projeto de extensão “A UNIGRAN Vai à Comunidade” e atraiu um grande número de leitores, e de ouvintes mirins, na Escola Municipal Sócrates Câmara. Entre dezenas de livros infantis cheios de ilustrações e muitas crianças à sua volta, a acadêmica Karina Kuratone, do 3º ano de Educação Física, leu diversas vezes as mesmas histórias para as crianças pequenas. “Elas vêem as figuras e pedem para eu ler todas as histórias, e querem que eu as conte de novo”, disse a estudante sem se importar com a repetição, “eu acho a leitura importante porque ajuda no desenvolvimento da criança em tudo”, entende a acadêmica. Na organização curricular do ID_CURSO de Educação Física, não só os contos que encantam todas as gerações, mas também as histórias que os próprios alunos criam são trabalhados na promoção da educação integral das crianças, junto com o desenvolvimento de suas aptidões físicas. Durante a formação acadêmica, essa prática pedagógica é exercitada em projetos de extensão e de estágio nas escolas. No ano passado, inclusive, a UNIGRAN publicou o livro “Sessões Historiadas”, que é uma seleção de 36 trabalhos interdisciplinares de acadêmicos, que foi feita pela professora Lourdes Lago Stefanelo. O resultado desse trabalho, na linha do “ler também é um exercício”, foi que, na atividade de sábado, muitas crianças já alfabetizadas passaram o tempo imersas nos contos de Ali Babá e os Quarenta Ladrões e de Chapeuzinho Vermelho, entre outros clássicos. “Eu prefiro o Patinho Feio”, falou Edmilson Sobrinho, um garoto de 8 anos e que está na 2ª Série. “E eu, o Gato de Botas”, contou Cristiano, leitor de 7 anos que, segundo a sua irmã, lê desde os 5. Ramona Franco Escobar, 26 anos, a irmã do menino, avaliou que a leitura e todas as atividades de recreação e lazer que foram oferecidas pela UNIGRAN nesse projeto de extensão deveriam se repetir mais vezes no Jardim Canaã I. “Por aqui não tem outra área que as crianças possam brincar. Não tem praça, não tem parquinho, não tem nada. Então, elas brincam na rua ou têm de ficar presas nos quintais, que são bem apertados aqui”, disse. A diretora da Escola Municipal Sócrates Câmara, professora Maria Aparecida Figueiredo Ribeiro, tem opinião idêntica. Atualmente, a sua Escola atende a quase 800 alunos da Educação Infantil à 4ª Série do Ensino Fundamental, de manhã e à tarde. “Mas ela já está ficando pequena para atender à demanda”, comentou a diretora, preocupada também com a falta de espaços de lazer, que tende a se agravar com o surgimento de novos núcleos habitacionais naquela região da cidade, como o Conjunto Estrela Hory. Por isso, ela elogiou a dedicação dos acadêmicos e professores de Educação Física da UNIGRAN nessa ação comunitária. “É uma benção, porque o lazer é muito importante para a formação do cidadão. As crianças têm que saber que não é só estudar e trabalhar e que o ser humano precisa disso”, declarou a professora.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran