Engenharia Civil
Habilitação BACHAREL
Reconhecimento Curso Nota 4
Investimento R$ 923.00
Duração e Periodo NOTURNO|INTEGRAL
10 semestres

* Valor da mensalidade com desconto de pontualidade, válido somente para pagamento até o dia 10 de cada mês.
VESTIBULAR INSCRIÇÕES ABERTAS INSCREVA-SE
A UNIGRAN oferece aos acadêmicos do curso de Engenharia Civil uma generosa infraestrutura, com laboratórios de solo, asfalto, concreto, hidráulica, entre outros. Além disso, há um pórtico para ensaios de compressão em diversos tipos de materiais, assim como prensas de rompimento e demais equipamentos necessários para o desenvolvimento prático.

Os cursos de engenharia da Instituição possuem um campus específico, o ‘Cantão do Bosque’, localizado a pouco mais de 500 metros dos demais blocos da Instituição. No local todas as atividades são orientadas e acompanhadas por professores e técnicos. A segurança também é outro quesito que merece toda a atenção, já que é obrigatório o uso de todos os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

O curso tem duração de duração de 10 semestres e durante este período os alunos aprendem não só os conteúdo específicos da engenharia civil, como também todas as demais disciplinas complementares necessárias para a devida compreensão das atribuições da profissão.
Função real de uma variável; Limites; Derivadas; Aplicações de Derivadas.
Alfabetos técnicos; Escalas e Cotas; Perspectivas; Sistemas Projetivos; Plantas; e Vistas Ortográficas.
Medição; Vetores; Movimento em uma dimensão; Movimento em um plano; Dinâmica de uma partícula I; Dinâmica de uma partícula II; Trabalho e energia; Conservação de energia; Conservação do momento linear; Colisões.
Planejamento de obras e serviços, praticas gerais de locação de obras, administração de canteiros de obras, oficinas de formas em madeiras , armaduras, argamassas, concretos e seus traços, alvenarias, , revestimentos, volumetria em maciços de terra e serviços em terra. Analogias e introdução ao controle e qualidade das obras civis. Levantamentos empíricos de quantidades e serviços em linha de montagem.
Linguagem como representação da realidade. Estratégias discursivas para a produção de textos orais e escritos. Teoria da linguagem. Funções da linguagem. Estrutura e funcionamento da comunicação. A coerência e a coesão textual. Dissertação: exposição, argumentação e conclusões a partir de tema que mobilize pesquisa.
Derivada de funções logarítmicas, integral indefinida, integral definida, o teorema fundamental do cálculo, aplicações da integral, técnicas de integração.
Alfabetos técnicos; Escala e Cotagem; Perspectivas; Sistemas Projetivos; Plantas; Vistas Ortográficas; Tipos de softwares utilizados em desenho técnico; software AutoCad: introdução e utilização para desenhos de projetos de engenharia.
Oscilações; Ondas; Termologia e Termodinâmica; Gases; e Mecânica Quântica.
Vetores no plano e no espaço tridimensional. Sistema de Coordenadas. Retas, planos, perpendicularismo e ortogonalidade. Ângulos. Distâncias. Translação e rotação de eixos. Cônicas. Superfícies. Matrizes; Sistemas de equações lineares; Determinante; Espaços vetoriais; Transformações lineares; Autovalores e Autovetores; Vetores no espaço multidimensional; Espaços vetoriais e operadores lineares; Sistemas lineares, matrizes e suas operações; Subdivisão de matrizes; Determinantes e inversão de matrizes; Transformações lineares; Espaço dual; Problema de autovalor: autovetores e transformações ortogonais; e Interpretação física do problema de autovalor.
Estrutura do átomo; Propriedades periódicas dos elementos químicos; Ligações químicas; Teoria da oxidação e redução; Soluções; Termoquímica; Equilíbrio Químico; Eletroquímica; Cinética química; e Experimentos relativos à disciplina, ciências do ambiente.
Conjuntos abertos, fechados, conexos por poligonais em R2 e R3; Funções de duas ou mais variáveis, limite e continuidade; Derivadas parciais; Funções diferenciáveis; Regra da Cadeia; Gradiente e Derivada Direcional; Máximos e Mínimos.
Princípios Básicos de Computação; Conceitos de Algoritmos; Conceitos sobre linguagens de Programação, Variáveis; Comandos de Atribuição; Estruturas de Controle; Estruturas de Dados; Modularização; Dados Estruturados.
Carga Elétrica; O Campo Elétrico; Lei de Gauss; Potencial Elétrico; Capacitância; Corrente e Resistência; Circuitos Elétricos em corrente contínua; O Campo Magnético; A indução Magnética; Indutância; Magnetismo em meios materiais; e Atividades de Laboratório.
Estatística Descritiva; Conceitos básicos de probabilidade; Variáveis Aleatórias; Principais leis de distribuição; Teste de hipótese e intervalo de confiança para médias, proporções e variâncias; Regressão e correlação linear.
Mecânica dos Fluidos; Conceitos fundamentais; Estática dos fluidos; Forças hidráulicas em superfícies submersas; Balanço global de massa; Equação do momentum para o volume de controle inercial; Dinâmica de fluxo incompressível não viscoso; Transferência de massa; Escoamento de fluidos ao redor de corpos submersos; Introdução à Transferência de calor. Equações Integrais para: Massa, Conservação da Energia e Quantidade de Movimento; Formulação Integral para um volume de Controle; Perda de Carga de Escoamentos; Análise Diferencial dos movimentos dos fluidos; Dinâmica do Escoamento Incompressível não Viscoso; Noções de Escoamento Compressível; Transmissão de calor; Transmissão de massa.
Introdução à geologia de engenharia; Minerais, rochas e solos; Intemperismo; Geologia e mineralogia do Brasil; Rochas como materiais de construção; Geologia, geotecnia e o meio ambiente; Água subterrânea; Movimentação de materiais; e A geotécnica em projetos especiais de engenharia.
Processos sociais que levam à compreensão do papel e do comportamento do homem na sociedade; O conceito de cultura. Multiculturalismo, diversidade e xenofobia. Etnocentrismo. Preconceito. Racismo. Relações étnico-raciais. Aspectos da cultura afro-brasileira e indígena. Características da sociedade multirracial brasileira. Desigualdades raciais e Educação Étnico-racial. O direito da maioria e o direito das minorias; direitos coletivos e direitos individuais; discriminação racial; direitos sexuais e reprodutivos; a discriminação com base no gênero e os direitos dos povos indígenas. A Constituição brasileira de 1988: uma Constituição cidadã e os direitos humanos. A redefinição da cidadania no Brasil. A dignidade da pessoa humana, a isonomia, a liberdade de manifestação religiosa, de opinião e de orientação. O meio ambiente e sustentabilidade como direitos humanos.
Conceitos sobre Topografia. Aplicação da Norma da ABNT, NBR 13.133/94 (Execução de levantamento topográfico). Noções básicas de Geodésia. Noções básicas de Cartografia. Planimetria. Utilização e manuseio de instrumentos topográficos. Unidades topográficas. Ângulos topográficos. Orientação magnética e verdadeira. Declinação magnética. Teoria e prática dos métodos de levantamento topográfico. Planta topográfica. Altimetria. Métodos de nivelamento. Topologia. Desenho de perfil topográfico e interpretação sobre curvas de nível; Taludes; Áreas; Volumes.
Integrais duplas; integrais triplas; derivadas parciais; equações; diferenciais; e aplicações.
O ciclo hidrológico; Características das bacias hidrográficas. Precipitação, infiltração, evaporação e evapotranspiração, águas subterrâneas; Escoamento superficial: grandezas características, estimativa de vazões, características dos cursos d'água e previsão de enchentes; Aplicações dos sistemas de informações geográficas em hidrologia; Drenagem superficial: elementos constitutivos dos sistemas de micro e macrodrenagem e parâmetros de projeto; Drenagem subterrânea: rebaixamento do lençol freático, sistemas de poços, sistemas de ponteiras, galerias de infiltração, drenos transversais, drenos longitudinais e critérios de dimensionamento de filtros de proteção. Impacto ambiental.
Introdução: Riscos Profissionais, Avaliação e Controle; Normalização e Legislação; Organização, Fisiologia do Trabalho; Ergonomia; Toxicologia Industrial; Ventilação Industrial; Doenças do Trabalho; Saneamento do Meio; Proteção Contra Incêndio; Comunicação; Primeiros Socorros; Análise de Projeto; Normas reguladoras: Conceitos, Características e Desenvolvimento da Ergonomia; Principais componentes do trabalho; Os sistemas homem-máquina; Os ritmos biológicos; Duração, ritmo e carga de trabalho; Métodos e técnicas para estudo postural; Ambiente físico de trabalho.
Instalações elétricas prediais: normas técnicas; equipamentos elétricos e dispositivos de controle de circuitos; dimensionamento dos condutores, proteção e eletrodutos. Projetos: instalação elétrica residencial; instalação elétrica predial. Luminotécnica: grandezas e unidades. Fontes de luz: lâmpadas; aparelhos de iluminação; iluminação de interiores; iluminação por projetores; iluminação pública. Métodos de cálculo de iluminação: método dos lúmens; método das cavidades zonais; método do ponto por ponto. Conservação de energia na iluminação. Automação residencial; Sistemas fotovoltaicos; Fontes de energia: Aquecimento solar de água.
Aglomerantes minerais; Materiais betuminosos; Rochas; Agregados para argamassas e concretos; Madeira e derivados; Materiais cerâmicos; Metais e produtos siderúrgicos; Vidros: tintas e vernizes; Plásticos; e Revestimentos acrílicos especiais.
Forças no plano. Forças no espaço. Sistema equivalente de forças. Estática dos corpos rígidos em duas dimensões. Estática dos corpos em três dimensões. Forças distribuídas. Estruturas. Vigas. Cabos. Atrito, Momento de inércia.
Fundamentos da Metodologia Científica. A Comunicação Científica. Métodos e técnicas de pesquisa. A comunicação entre orientados/orientadores. Normas para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos. O pré-projeto de pesquisa. O Projeto de Pesquisa. O Experimento. A organização de texto científico (Normas ABNT).
Introdução ao Projeto Arquitetônico: Conhecimento básico dos meios de expressão e representação de projetos de arquitetura; O processo de projeto; normas técnicas para elaboração de projetos de edificações: atividades técnicas e de arquitetura; levantamento de dados; programa de necessidades; estudo de viabilidade; estudo preliminar; anteprojeto de arquitetura ou de pré-execução. Representação de projetos de engenharia e arquitetura utilizando sistemas computacionais. Projeto de edificações unifamiliares de um e dois pavimentos. Projeto de edificações de múltiplos pavimentos. Código de Postura e Obras. Detalhes construtivos. projeto legal de arquitetura e compatibilidade com os projetos complementares de estrutura, elétrica, hidráulico e obra; Meio ambiente artificial; Introdução ao Urbanismo: Instrumentos de controle, Plano Diretor, Lei de Zoneamento e Código Geral de Edificações.
Terreno: Escolha, Aquisição, Documentação; Programa, Fisiograma; Projeto Completo. Canteiro de Obras; Locação; Fundações Superficiais e Profundas; Concreto Armado; Alvenarias; Estruturas de Madeira; Telhados; Impermeabilização; Escoamento de Águas Pluviais; Revestimentos; Pavimentação; Execução das Instalações: Elétrica, Hidráulica e Sanitária; Esquadrias; Pintura; Especificações; Orçamento; Cronograma; Noções de Planejamento e Controle de Edificações; e Contratos para Construção.
Morfologia das estruturas; ações em estruturas; diagramas de estado para estruturas isostáticas: vigas Gerber, pórticos planos, arcos e treliças planas; deslocamentos em estruturas isostáticas; linhas de influência e cargas móveis.
Escoamento permanente forçado. Máquinas hidráulicas. Instalações de recalque. Escoamento laminar e turbulento hidraulicamente liso e rugoso. Escoamento permanente livre. Escoamento transitório livre. Medidor Venturi. Medidor Parshall. Tubo de Pitot. Orifícios bocais e vertedores. Escoamento ondulatório livre. Escoamento permanente em canais. Vertedores de soleira espessa. Ressalto hidráulico. Dissipadores de energia. Chaminé de equilíbrio.
Tipos de concretos. Materiais constituintes dos concretos. Aditivos. Propriedades no estado fresco e endurecido. Métodos de dosagens. Ensaios físicos e mecânicos em concretos. Controle de qualidade de concretos. Conceitos, classificação, controle tecnológico, ensaios e normalização de materiais metálicos.
Estudo dos princípios teóricos e fundamentais do estudo dos solos aplicado à engenharia civil; Origem e formação dos solos; Solos grossos; Solos finos; Hidráulica dos solos; Força de percolação.
Avaliação de impactos ambientais. Legislação ambiental. Tecnologias limpas aplicadas à indústria de alimentos. Sistemas de gestão ambiental. Análise de gestão ambiental. Análise do ciclo de vida de produtos alimentícios e embalagens. Tratamento de resíduos na indústria da construção civil.
Equilíbrio externo e esforços internos em elementos estruturais; Propriedades mecânicas dos materiais; Tensões e deformações em elementos estruturais submetidos à ação de esforço normal; Esforços em vigas com carregamento transversal; Tensões em vigas; e Cisalhamento puro e estudo de uniões.
Introdução ao concreto armado. Propriedades do concreto. Propriedades do aço para o concreto armado. Ações e segurança nas estruturas. Qualidade e durabilidade das estruturas. Cargas para o cálculo de estruturas de edificações. Hipóteses de cálculo: estádios e domínios. dimensionamento e detalhamento de lajes e vigas à flexão normal simples. Dimensionamento e detalhamento de vigas ao cisalhamento. Estado limite de utilização: abertura de fissuras e deformações excessivas. Detalhamento das ferragens.
Elementos estruturais: tipos de carregamento, binário, classificação das estruturas; Vínculos: tipos, reações de apoio. Sistema estrutural: classificação das estruturas e seus esforços internos. Deformação estrutural: longitudinal e transversal, rotação, flecha; Módulo de elasticidade; e Estudo da seção transversal da estrutura.
Materiais empregados e sistema de montagens; Instalações prediais de água fria; Instalações prediais de água quente; Instalações prediais de esgotos sanitários; Instalações prediais de águas pluviais; e Instalações prediais de gás.
Tensões; Compressão unidimensional; Analogia mecânica; Teoria do adensamento de Terzaghi; Resistência ao cisalhamento; Resistência das areias; e Resistência das argilas. Impacto ambiental.
Análise de Tensões e Deformações; Deformações de Vigas; flambagem de Colunas; Métodos de Energia; e Critérios de Ruptura.
Abastecimento de água: captação superficial, captação de lençol, tomada d´água, adução, tratamento, reservação, distribuição; e Sistemas de esgoto: coleta, tratamento, disposição final. Noções sobre política nacional de recursos hídricos. Tratamento de água para abastecimento público; Tratamentos preliminares; Coagulação e floculação; Sedimentação; Filtração; Desinfecção; Reservação; Distribuição; Materiais e equipamentos. Tratamentos especiais.
Introdução à engenharia de transportes. O transporte e a sociedade. Planejamento de transportes. Modalidades de transportes. Características geométricas de vias de transportes. Características de operações das principais modalidades de transporte. Instalações e aparelhamento. Avaliação econômica de projetos de transporte.
Equação de chuvas intensas. Inundações urbanas. Sistema de drenagem de águas pluviais. Elementos constitutivos da micro e macrodrenagens urbana. Impacto da urbanização no escoamento. Planejamento de sistemas de Drenagem Urbana. Emprego de técnicas compensatórias em drenagem urbana. Gerenciamento do Controle de Inundações. Medidas de Controle do Escoamento. Métodos Determinísticos e Probabilísticos para a Previsão de Vazões de enchentes urbanas. Erosão urbana e produção de sedimentos. Projeto de Micro e Macrodrenagens.
Estudos teórico e prático básicos para o desenvolvimento das atividades profissionais do engenheiro civil em relação ao planejamento, gestão, projeto, segurança, sustentabilidade e à operação do tráfego urbano.
Dimensionamento e detalhamento de pilares. Flexão normal composta. Paredes estruturais. Estabilidade global de edifícios. Dimensionamento de elementos especiais em concreto armado: escadas e reservatórios. Ensaios em laboratório de elementos estruturais. Fundações; Estruturas especiais; Projetos; Noções de recuperação de estrutura.
Determinação dos efeitos eólicos nas edificações, segundo a NBR 6123 / 88; Segurança nas estruturas; Métodos de dimensionamento; Sistemas estruturais e seus contraventamentos; Combinações das ações de cálculo em estados limites, segundo a NBR 7190/97; A madeira como matéria prima na engenharia e suas propriedades físicas e mecânicas. Dimensionamento de ligações e elementos estruturais sujeitos a tração, compressão, flexão e cisalhamento e seus efeitos combinados de flexão composta e flexão composta oblíqua, segundo a NBR 7190/97; Verificação de flechas nas vigas.
Vigas Hiperestáticas Simples; Vigas Contínuas; Equação dos 3 Momentos; Projeto: Cálculo Estático de um Pavimento; Linhas de Influência de Vigas Contínua; Método da Propagação; e Energia de Deformação. Estruturas hiperestáticas: Vigas, treliças, pórticos e grelhas. Métodos dos deslocamentos para análise das estruturas hiperestáticas. Esboço dos diagramas de momento fletor, momento torçor, esforço cortante e esforço axial. Método de Cross – vigas.
Regulamentação da Profissão; Legislação Profissional e Atribuições Profissionais; Legislação ambiental: Estudo de impacto ambiental; Licenciamento; Estatuto da cidade; Lei das Licitações; Direito Urbanístico; Direito do Consumidor.
Especificações de materiais, equipamentos e mão-de-obra. Pesquisa de mercado de materiais e de mão-de-obra. Custos diretos de materiais, de mão-de-obra e de equipamentos. Custos indiretos da obra e da administração. Composição dos custos unitários. Orçamento: cálculo das quantidades de serviços. Organização de orçamento de custo. Lucro e preço. Curva ABC de insumos. Análise de custo versus tempo. Orçamento informatizado.
Legislação e normas brasileiras relativas à proteção contra incêndio e explosões. Programas de proteção contra incêndio. Teoria do fogo. Classes de fogo. Métodos de extinção. Agentes extintores. Equipamentos e sistemas de proteção contra incêndio. Iluminação de emergência, portas corta-fogo, escada de emergência. Sistema de detecção e alarme. Plano de Abandono. Equipamentos fixos e móveis de combate a incêndio. Sistema de hidrantes. Spriklers. Brigada de incêndio. Explosivos. Segurança no Transporte, Manuseio e Armazenagem de Substâncias Químicas e Inflamáveis.
Conceitos básicos de administração de empresas. Estrutura Organizacional. Departamentalização. Conceito bens e serviços, objetivos de desempenho. A função Produção e sua inter-relação com a estrutura da empresa. Administração sinérgica; conceitos de liderança. Sistemas de Gestão integrada; planos de gestão. Administração por objetivos; conceitos de visão, missão, políticas e indicadores de desempenho. Administração participativa. Visão sistêmica da empresa. Administração estratégica; planejamento empresarial. Qualidade na empresa, relação com a produtividade, normas de qualidade. Ciência Econômica: comportamento dos agentes econômicos e dos princípios básicos da Ciência Administrativa. Desenvolvimento econômico sustentável.
Projeto de barragens de terra e enrocamento. Métodos executivos de barragens de terra. Instrumentação e análise de desempenho durante o período de operação. Aspectos gerais de segurança de barragens de terra.
Conceito de concreto protendido. Propriedades do concreto: resistências, fluência, retração e efeitos da temperatura. Aços para concreto protendido: características, propriedades mecânicas, relaxação e efeitos da temperatura. Processos e equipamentos de protensão, ancoragem, emenda de cabos, grau de protensão, injeções. Perdas de protensão. Análise de tensões no regime elástico em vigas isostáticas e contínuas. Dimensionamento à flexão nos estados limite último e de utilização. Cisalhamento. Estruturas hiperestáticas protendidas. Lajes protendidas.
Objetivos, características, política, economia, localização, projeto e operação de sistemas de transportes. Projeto e construção de rodovias e ferrovias: reconhecimento, anteprojeto, estudos geotécnicos e geo-hidrológicos, projeto definitivo, plantas da faixa explorada, conformação e seleção da diretriz, concordância, superelevação, superlargura, visibilidade, concordância em perfil, seções transversais, áreas de terraplenos, volumes, transporte e distribuição de terra, obras de arte, orçamento e relatórios de engenharia. Comparação de traçados e análise das características do tráfego. Locação. Superestrutura ferroviária: elementos de projeto, dimensionamento, serviços complementares, projeto geométrico, orçamento. Uso de programas de computador e de computação gráfica no projeto de estradas. Execução de projeto.Impacto ambiental. Materiais de Construção Civil B, Mecânica dos Solos. Generalidades sobre os pavimentos. Infra-estrutura dos pavimentos. Materiais para pavimentação. Geotecnia dos solos tropicais. Superestrutura dos pavimentos. Dimensionamento dos pavimentos. Princípios da gerência dos pavimentos. Parte prática: classificação TRB dos solos, classificação MCT dos solos tropicais. Ensaios de compactação, CBR e expansão. Controle de compactação em campo. Misturas de agregados. Materiais betuminosos para pavimentos.
Propriedades físicas e mecânicas dos aços estruturais. Normas de projeto e de execução. Composição das estruturas. Dimensionamento. Comportamento de ligações. Ligações soldadas. Ligações parafusadas. Fadiga. Comportamento de peças tracionadas. Comportamento de peças comprimidas. Comportamento de vigas contidas e sem contenção lateral. Comportamento de peças com esforços combinados de flexão e solicitações axiais de compressão e tração. Vigas compostas de aço e concreto. Disposições construtivas. Contraventamento.
Sondagens. Interpretação de investigações de solo para projetos de fundação. Tipos de fundação e normas técnicas aplicáveis. Escolha do tipo de fundação: critérios técnicos e econômicos. Fundações superficiais: capacidade de suporte e previsão de recalque. Fundações profundas. Escoramentos flexíveis e rígidos. Provas de carga em fundações. Controle de água nas escavações. Estudo de caso. Fundações diretas: análise e dimensionamento de blocos de fundação, sapatas (isoladas, associadas, contínuas e em divisas), vigas de equilíbrio, radier. Ruptura externa e interna de fundações diretas. Fundações profundas: blocos de coroamento. Estacas inclinadas. Distribuição de cargas em estacas e tubulões. Cálculo estrutural de fundações profundas. Soluções especiais para fundações: substituição do solo, jet-grouting, estacas tracionadas e reforço de fundações. Estruturas de contenção: cálculo estrutural de muros de concreto. Projeto de muros de solo reforçado com geotêxteis. Análise dos esforços e cálculo estrutural de estruturas de contenção flexíveis: cravadas, atirantadas, estroncadas e paredes diafragma.
Serão comentados os assuntos pertinentes aos sistemas prediais de instalações, de agua potável, aguas servidas, esgotamento residencial e urbano, aguas pluviais, agua quente, gás, instalações elétricas de alta e baixa tensões, segurança e lógica, domotica, elevadores, GLP, Sistema de combate e prevenção de incêndio, Para Raio, Caixas de escadas, drenagens subterrâneas, Sistemas alternativos de energias ,solar e eólica, acessibilidades e coleta de lixo .
Introdução e Histórico das construções pré-moldadas. Pré-moldagem, pré-fabricação. Elementos estruturais pré-moldados, vigas, pilares e lajes. Noções básicas de protensão. Dimensionamento de lajes pré-moldadas. Dentes Gerber e consolos. Aparelhos de apoio. Juntas. Cálices dos elementos de fundações e grouteamento. Sistema Tilt-up. Transporte e montagem das construções pré- moldadas. Industrialização da construção; Produção de estruturas de concreto pré-moldado; Ligações dos elementos; Elementos compostos.
A infra-estrutura da via férrea. A superestrutura da via férrea. A via elástica. Aparelho de via. A curva ferroviária. Caminhamento (arrastamento) dos trilhos. Trilho longo soldado (TLS). Serviços usuais de conservação da via permanente. Material rodante ferroviário. Estações, pátios e terminais. Operação dos trens. Importância da aviação civil; Serão apresentadas as principais características do controle de tráfego aéreo; Noções gerais sobre aeronaves e aeroportos; Diretrizes para o planejamento aeroportuário; Geometria do lado aéreo; Localização aeroportuária; Zonas de proteção; Área terminal; Noções sobre sinalização aeroportuária; e Avaliação de impactos e pavimentos aeroportuários.
Introdução e contexto do gerenciamento de projetos: definições e objetivos, o gerente de projetos, as fases do projeto; Principais processos e áreas de conhecimento da gestão de projetos: gestão de escopo; gestão de tempo; gestão de custos; gestão da qualidade; gestão de pessoas; gestão de comunicação; gestão de riscos; gestão de aquisições; gestão da integração.
Projeto de Pontes em Lajes Maçiças. Projeto de Pontes com duas Vigas Retas: Lajes e Vigas Transversais. Projeto de Pontes com Vigas Tipo I Pré-Moldadas. Projeto de Pontes Mistas Aço-Concreto. Fundamentos do Projeto de Pontes Estaiadas. Impacto ambiental.
O estágio supervisionado na formação do engenheiro civil. Documentação formal para a realização do estágio. Condutas e procedimentos na realização do estágio. Participação do acadêmico em atividades profissionalizantes de estágio desenvolvido em empresas. Participação do acadêmico em atividades práticas de estágio nos programas, projetos ou atividades de extensão universitária.
Planejamento e desenvolvimento de projeto referente a uma das ênfases da Engenharia Civil ou desenvolvimento de trabalho de pesquisa de caráter teórico, numérico ou experimental em Engenharia sob a supervisão de um professor orientador. Elaboração do projeto de monografia composto de: título, justificativa, objetivos, metodologia, cronograma de execução e bibliografia e entrega do relatório parcial sobre o desenvolvimento da monografia, contendo informações detalhadas da pesquisa e do estudo realizado nesta primeira etapa.
Atividades de iniciação científica. Atividades de extensão na área das ciências exatas. Atividades de ensino-aprendizagem. Atividades resultantes de participação em eventos como seminários, semanas pedagógicas entre outros.
Componentes do canteiro; logística para instalação de canteiros; Mobilização e desmobilização; projetos. Tipo de estruturas de concretagem; controle da execução. Formas e escoramentos; execução; controle de qualidade; Indicadores; Padrão para liberação da concretagem. Tipos e alternativas.
Infiltrações. Recalques de fundação. Defeitos em alvenarias de blocos. Defeitos em telhados. Problema de isolamento térmico e acústico. Vibrações nos edifícios industriais. Análise de projeto para recuperação, reformas e ampliações. Patologia das estruturas. Corrosão de armaduras. Reforço de pilares, vigas e lajes de concreto armado. Metodologia de análise de patologias.
Introdução. A Indústria da Construção Civil no Brasil. O sistema tradicional de Construção Civil. Noções sobre projetos e aprovações. Serviços preliminares. Preparo e investigação do terreno. Sistemas de suprimentos. Equipamentos de construção. Transporte de materiais. Instalação do canteiro. Locação da obra. Fundações. Obras de contenção. Estrutura de concreto armado. Introdução. Alvenaria de vedação. Revestimentos (argamassados, cerâmicos, madeira, sintéticos, gesso, etc.). Pintura. Impermeabilização. Coberturas. Isolamento Térmico e Acústico. Esquadrias. Vidros. Racionalização e industrialização da construção. Novas tecnologias e tecnologias alternativas. Noções de desempenho das edificações. Noções de construção pesada.
O estágio supervisionado e o mundo do trabalho. Estágio em empresa de engenharia, conforme condições e critérios estabelecidos pela comissão de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Civil.
Discussão e aprofundamento de questões relativas aos conteúdos de Vigas paredes e consolos; Lajes nervuradas; Lajes cogumelo e punção; Vigas furadas; Região de introdução de esforços; Articulações de concreto; Nós de pórticos; Deformações na estruturas de concreto; Cálculo de lajes pela teoria das linhas de ruptura; Projetos de caixa d’água; Projetos de muros de arrimo; e ainda a indicação dos alunos.
Planejamento e desenvolvimento de projeto referente a uma das ênfases da Engenharia Civil ou desenvolvimento de trabalho de pesquisa de caráter teórico, numérico ou experimental em Engenharia sob a supervisão de um professor orientador. Apresentação e defesa do trabalho final; linhas de pesquisa; preparação da pesquisa, fases, tipos e execução. Estrutura, Etapas, Apresentação gráfica do Trabalho monográfico. Empregos das Normas da ABNT no texto monográfico. Formatação. Critérios de avaliação. Comunicação oral perante a banca examinadora.

NOTA DO ENEM

Você pode utilizar o seu desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM – dos últimos 05 anos para fazer um curso superior na UNIGRAN.

PORTADOR DE DIPLOMA

Quem já possui curso superior não precisa participar da prova do Processo Seletivo. É preciso se inscrever pelo site www.vestibularunigran.com.br e comparecer no Núcleo de Apoio Acadêmico com os seguintes acadêmicos: RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento, título de eleitor, reservista (sexo masculino), foto 3X4, documento que comprove a conclusão do ensino médio, diploma da Graduação.

PROVA AGENDADA

Vagas remanescentes (aquelas que ainda não foram preenchidas na prova tradicional de Vestibular) acontecem com agendamento prévio.

PROVA DE VESTIBULAR

Há provas tradicionais, marcadas pela UNIGRAN.

TRANSFERÊNCIA

Em desenvolvimento

PERFIL PROFISSIONAL

O setor da construção civil é naturalmente o que mais demanda este tipo de profissional, mesmo nos períodos de crise econômica. Mas este não é o único destino do engenheiro civil, que também é muito requisitado, por exemplo, em obras de saneamento, que continuamente são realizadas em todas as cidades do país, seja para projetar, reparar ou ampliar sistemas de esgoto, distribuição de água, entre outros.

O setor elétrico também é outro que necessita do conhecimento deste profissional, principalmente neste momento no qual o país está expandindo e diversificando a matriz energética. Neste campo há oportunidade tanto na construção de usinas de diversos tipos, como também na distribuição de energia.

O QUE VOCÊ PODE FAZER

Como já abordamos no item ‘Mercado de Trabalho’, além da construção civil existem muitos outros campos onde este profissional pode atuar, como o setor de transporte, ao projetar e coordenar a manutenção de estradas, ferrovias, portos e aeroportos. Grandes edificações também precisam constantemente de um profissional desta área, não só durante a obra, mas também posteriormente a construção, para que garanta a “saúde” da estrutura ao aferir constantemente o seu uso e eventual desgaste.

Programa Institucional

O estudante tem desconto nas mensalidades e, de acordo com a lei, faz até 30 horas de estágio semanal, nos diversos setores da UNIGRAN. Para se inscrever, o aluno procura o Núcleo de Apoio Acadêmico, após matriculado, e preenche ficha própria. De acordo com a disponibilidade de vagas.

Programa Institucional

O estudante que comprovar-se indígena tem 50% de desconto nas mensalidades, concedido pela UNIGRAN. O acadêmico deve participar dos programas de extensão voltados para sua comunidade indígena, em contrapartida

Programa Institucional

Funcionários de organizações cadastradas têm desconto nas mensalidades. Consulte no RH da sua empresa a disponibilidade ou na Tesouraria da Instituição

Programa Institucional

Para os alunos que pagam em dia suas mensalidades, possuem vantagens na UNIGRAN. Informações na Tesouraria

Programa Institucional

Formados pela UNIGRAN possuem desconto de até 50% nas mensalidades para fazer outra graduação na Instituição. Consulte condições na Tesouraria.

Programa Institucional

Familiar de primeiro grau de quem já estuda na UNIGRAN possui desconto nas mensalidades. Para saber mais procure a Tesouraria e saiba como participar.

Programa do Governo Federal

O Fundo de Financiamento Estudantil - FIES - é um programa do Ministério da Educação destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores de Instituições de Ensino Superior particulares. O processo seletivo é feito pelo site do programa

Documentação necessária Download

Programa Institucional

Acadêmicos da UNIGRAN que utilizam transporte diário para se deslocar entre as cidades da região para Dourados ou para Campo Grande possuem desconto na mensalidade. Informações na Tesouraria.

Programa do Governo Federal

É um Programa do Governo Federal, que concede bolsas de 50 e 100% de desconto. O processo seletivo é todo feito pelo Governo. Para participar, o interessado deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do último ano. O Prouni exige que os estudantes contemplados tenham 75% de aproveitamento em cada semestre.

Documentação necessária Download

Programa do Governo Estadual (MS)

Programa em que o estudante cumpre 20 horas semanais de estágio em instituições conveniadas. O processo de seleção é feito pelo site da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social de Mato Grosso do Sul (http://www.sedhast.ms.gov.br) sempre no início do ano. O participante é contemplado com 90% de desconto na mensalidade do curso superior, sendo 70% concedido pelo Governo e 20% pela UNIGRAN

Fale com a coordenação

Coordenador(a)

Luiz Henrique Moreira de Carvalho

3411-4284

engenhariacivil@unigran.br

Horário de atendimento

MATUTINO

Segunda-feira 07:00 às 12:00

Terça-feira 07:00 às 12:00

Quarta-feira 07:00 às 11:00

Quinta-feira 07:00 às 12:00

VESPERTINO

Segunda-feira 13:00 às 18:00

Terça-feira 13:00 às 17:00

NOTURNO

Terça-feira 18:00 às 22:00

Quinta-feira 18:00 às 22:00

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran