CONSTITUIÇÃO E PÓS-POSITIVISMO NO DIREITO BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO

Autores:

Nairo José Borges LOPES 1

Resumo:

A promulgação da Constituição Federal de 1988 lançou um marco não somente para a vida política e social do país. Para o Direito ela promoveu uma revolução paradigmática, que exigiu de seus operadores um arranjo teórico capaz de lidar com este complexo objeto. Este ensaio aponta algumas destas importantes mudanças, buscando fomentar a reflexão acerca da necessidade de se pensar soluções adequadas à realidade brasileira, ainda carente de bem-estar e direitos sociais.

PALAVRAS-CHAVES: Judiciário; Pós-positivismo; direitos sociais.

Baixe o artigo aqui

Downloads