Portal do Aluno
Notícias
11/08/2017 - 08:31
Médico fisiatra Ronaldo Furuta ministra palestra sobre Medicina Física e Reabilitação

O curso de Fisioterapia da UNIGRAN recebeu o Ronaldo Furuta, médico fisiatra especialista em Medicina Física e Reabilitação. O evento que teve a participação de estudantes, profissionais e pais de alunos, também contou com palestra de Leonardo Cervera, fisioterapeuta pioneiro no Método Therasuit no Brasil.

Simone de Sousa Elias Nihues, coordenadora do curso, afirma que foi um momento importante para todos os participantes. “Abriu as portas para comunidade participar, pais e profissionais da saúde para conhecerem mais sobre o Método Therasuit e discutir a reabilitação. São temas atuais e importantes para os estudantes, como forma de promover conhecimento atualizado”, comenta.

A palestra com o médico fisiatra Ronaldo Furuta foi sobre o tema “Medicina Física e Reabilitação”. O foco foi apresentar a especialidade que é pouco conhecida em âmbito nacional e falar um pouco do ponto de vista do fisiatra, médico reabilitador em relação à equipe de reabilitação, a forma de se trabalhar, objetivos e os benefícios desse trabalho conjunto para o paciente.
“A reabilitação tem evoluído muito, tanto na tecnologia assistida, como também a tecnologia de informática, a robótica, inclusive, tem ajudado muito na vida dos pacientes com deficiência, na melhora da qualidade de vida, independência funcional, a cada dia vemos novos equipamentos, novos tratamentos e estimulação cerebral”, menciona.

Segundo Furuta, entre os pilares da reabilitação estão o envolvimento do paciente e/ou cuidadores, e ainda, estimular e enfatizar a necessidade dos exercícios diários. “A primeira meta da reabilitação não é trazer o paciente de volta ao que ele era antes, se isso for possível ótimo, mas a primeira meta é sempre a independência funcional, ou seja, a qualidade de vida”, considera.

Na maioria das vezes, conforme o fisiatra, a equipe trabalha com pacientes com deficiências neurológicas, como sequelas de derrame, sequelas de lesão medular, crianças com paralisia cerebral, entre outras doenças. Além de algumas doenças ortopédicas, como pacientes com amputações, e ainda, pequenas incapacidades, como as dores no ombro, bursites, etc.

O médico Ronaldo Furuta destaca a importância do trabalho em equipe: médico fisiatra, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo, nutricionista, enfermeiro, educador físico e ortesista. “Não é um trabalho individualizado, quando falamos em reabilitação não podemos pensar com um profissional ou tratar apenas uma área do paciente, ele tem que ser visto como um todo. O homem é um ser biopsicossocial, tem que tratar o físico, o corpo e o emocional, e, para isso, tem que demandar vários profissionais da área da saúde”, avalia.

» Acompanhe
UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
Todos os Direitos Reservados. Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP 79.824-900 - Dourados/MS - Fone: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167