Portal do Aluno
Notícias
26/03/2010 - 09:44
Pesquisa de campo da Agronomia avalia adequação de grãos
O sucesso de uma lavoura inicia na escolha do cultivar, influenciando diretamente todo o manejo a ser adotado. Aliando teoria e prática, professores do ID_CURSO de Agronomia da UNIGRAN ministram aulas de campo para verificar a viabilidade regional de novas técnicas e tecnologias, que levem a maior produtividade, com alta qualidade e a um menor custo. Todo o trabalho é feito em conjunto com os acadêmicos dos ID_CURSOs de Agronomia e Tecnologia em Produção Agrícola, sendo desenvolvido na Fazenda Experimental da UNIGRAN. A maioria das pesquisas dos estudantes são experimentos práticos do Trabalho de Conclusão de ID_CURSO (TCC). No laboratório e no campo eles verificam métodos que devem ser exploradas para a obtenção de melhores resultados de cada cultivar. As pesquisas também são feitas pelos professores. O professor Elmo Pontes de Melo, responsável pela Fazenda Experimental, está avaliando o cultivo do algodão adensado. O espaçamento convencional do algodoeiro gira entre 80 e 90 centímetros, podendo chegar até 76 centímetros, considerado o mínimo para permitir a colheita mecânica da cultura com as atuais colhedoras. O espaçamento do algodão adensado é aquele que utiliza distância entre linhas inferior ao utilizado atualmente. Um espaçamento de cultivo que poderia ser facilmente introduzido é aquele utilizado para a cultura da soja, que é de 45 centímetros, podendo ser ainda mais reduzido. A técnica, já utilizada com sucesso no Paraguai, Argentina e Estados Unidos, ainda é nova no Brasil e poderá viabilizar o cultivo da fibra na safrinha. De acordo com o professor, o algodão adensado pode manter as produtividades atuais, bem como reduzir aplicação de agrotóxicos e melDATA_HORAr o aproveitamento de fertilizantes nas lavouras, quando comparado à produção de algodão convencional. “Nosso objetivo é verificar a redução de custos na produção e conferir a viabilidade econômica do manejo adensado”, explica Elmo Pontes de Melo. A pesquisa visa contribuir com a ciência de forma a trazer rentabilidade aos produtores rurais da região de Dourados. O resultado da pesquisa deve sair nas próximas duas safras de algodão. Outra pesquisa elaborada pelo professor trata-se da viabilidade do cultivo do milho transgênico e não-transgênico. TCC O acadêmico de Agronomia Damião Regini está desenvolvendo pesquisa de conclusão de ID_CURSO num experimento que avalia as diversidades populacionais da soja. Ele cultivou em novembro do ano passado na Fazenda Experimental duas espécies de sementes disponibilizadas no mercado, muito utilizadas pelos produtores da região sul do estado, para detectar, entre outros objetivos, a quantidade mais apropriada para o plantio de grãos por hectare. As duas variedades já foram colhidas e agora Damião irá fazer a análise estatística dos dados. Assim como ele, os demais estudantes de Agronomia utilizam a Fazenda da UNIGRAN para desenvolver diferentes experimentos de culturas. Sadrac Borges avalia a produção de fitomassa e liberação de nutrientes em plantas de cobertura com sucessão de milho. Também iniciada no ano passado, a pesquisa terá resultado preciso para os meses de maio ou junho deste ano. (FV)
» Acompanhe
UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
Todos os Direitos Reservados. Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP 79.824-900 - Dourados/MS - Fone: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167