Portal do Aluno
Notícias
15/03/2005 - 22:32
"Amigo do Índio" assessora Fernando Gabeira em sua visita a Dourados.
Por recomendação do deputado federal Murilo Zauith (PFL/MS), presidente honorário da UNIGRAN, o deputado Fernando Gabeira (PV/RJ) recebeu todo o apoio da Instituição e da ONG “Amigo do Índio” (AmI), durante a sua estada em Dourados, no final de semana. “Foi uma gentileza que o doutor Murilo prestou ao amigo, que veio por conta própria conhecer a Aldeia Indígena, e nós prestamos todo o atendimento de que ele precisou”, disse a secretária do deputado douradense, Lourdes Maria Mendes. Ela falou que a visita não faz parte de nenhuma ação oficial da Câmara Federal. Entretanto, Fernando Gabeira – personalidade de prestígio internacional - fará coro com Murilo Zauith na defesa dos direitos dos índios e na melhoria da qualidade de vida na Reserva Indígena de Dourados. Quem ouviu isso do próprio visitante foi a professora Edna Marçal de Souza, membro da AmI. Ela o acompanhou pelos recantos da Reserva e na visita que fez ao Centro de Recuperação de Crianças Desnutridas, o chamado “Centrinho”, que é administrado pelo Hospital da Missão Caiuá. O parlamentar reconheceu a dedicação dos médicos, enfermeiros e voluntários que trabalham no Centrinho. Gabeira conheceu, também, o Núcleo de Extensão da UNIGRAN, na Aldeia Jaguapiru, e elogiou os projetos que lá são desenvolvidos pela Instituição e pela AmI. Contudo, ele disse que, em função dos problemas sociais existentes na área indígena de Dourados, são os governos é que devem fazer mais pelos índios. “Ele me disse que vai sim cobrar ações do governo; ele achou que os reID_CURSOs são mal administrados e que a comunidade indígena está abandonada pelo poder público”, disse Edna Marçal. Em seu site – www.gabeira.com.br -, o deputado do Partido Verde publicou, nesta terça-feira, uma crônica sobre as averiguações que fez na semana passada entre os povos indígenas de Dourados. O texto denuncia questões como o arrendamento de terras, que seria um dos motivos da fome, e sugere que se investigue, ainda, porque há tantos casos de paralisia cerebral entre as crianças – quatro, entre as 46 crianças internadas no Hospital da Missão. “Apesar de todo o sofrimento”, disse Edna, “Gabeira achou o povo alegre”.
» Acompanhe
UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
Todos os Direitos Reservados. Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP 79.824-900 - Dourados/MS - Fone: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167