ISSN 2316-3992
VOLUME: 1
NÚMERO: 2
EDIÇÃO ESPECIAL
TÍTULO:
Retextualização no rádio: a oralidade e a escrita no meio eletrônico
AUTOR (ES):
Célio Antonio dos Santos, Daniela Cristiane Ota
Resumo: Retextualização é um tema recorrente em estudos linguísticos que procura enfatizar a diferença entre transcrever e retextualizar. Neste artigo pretende-se estudar e questionar a ideia de que a escrita tem primazia sobra a oralidade, visto que nem sempre as sociedades modernas e ditas letradas abandonaram, ou não reconhecem em seus processos de comunicação, marcas da oralidade. Pretende-se estabelecer as principais características de texto escrito versus oral e de língua falada versus escrita. Ao se pensar o texto do rádio como apenas oral, esquece-se de que antes disso ele foi concebido na forma escrita para depois ser lido. Portanto o processo de retextualização se dará em dois momentos da concepção do texto radiofônico.

Palavras- chave: Rádio. Oralidade. Retextualização.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
Faculdade de Ciências Administrativas e Contábeis
Dourados - Mato Grosso do Sul - BRASIL
Todos os direitos reservados a UNIGRAN | 2014