ISSN 2316-3992
VOLUME: 5
NÚMERO: 12
Caderno Especial Politicom (jan-jun)
TÍTULO:
A IMPARCIALIDADE NECESSÁRIA NO PROCESSO ELEITORAL BRASILEIRO
AUTOR (ES):
Fabiana Franco1 Luciano Picoli Gagno2 Marcello Miranda3
Resumo: O presente trabalho tem por escopo a realização de uma análise sucinta da democracia no processo eleitoral brasileiro, a partir da necessidade de imparcialidade por parte dos legisladores no exercício da representação popular. A proposta é desvelar uma provável parcialidade dos legisladores pátrios no exercício do mandato, em decorrência da interferência ilimitada do poder econômico no processo eleitoral, que acaba desequilibrando as forças consideradas quando das deliberações legislativas. O artigo revela a existência de um déficit na democracia pátria em decorrência da referida interferência e propõe um debate propositivo, com o intuito de fomentar a reflexão sobre a necessidade e as possibilidades de mudança, que dependem muito mais de uma alteração comportamental por parte da população, do que de recursos legislativos.

Palavras- chave: Democracia; imparcialidade; processo eleitoral.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
Faculdade de Ciências Administrativas e Contábeis
Dourados - Mato Grosso do Sul - BRASIL
Todos os direitos reservados a UNIGRAN | 2014