Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

ESTUDO QUANTITATIVO DE MEDICAMENTOS ANTIHIPERTENSIVOS E HIPOGLICEMIANTES EM UM PSF DO MUNICÍPIO DE IVINHEMA – MS

QUANTITATIVE STUDY OF DRUGS AND ANTIHYPERTENSIVE HYPOGLYCEMICS IN A CITY OF THE PSF IVINHEMA – MS

Autores:
MAGALHÃES, Valquíria Emilio1; COELHO, Fabiana Chagas2; CATELAN, Taline Stefanello2

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:
Pesquisadores Brasileiros vem cada vez mais fazendo estudos com a população que utiliza medicamentos de uso continuo, para tratar hipertensão arterial sistêmica e diabetes mellitus, que depende muitas vezes da obtenção de forma gratuita. A falta desses medicamentos pode estar relacionada com a falta de programação, controle inadequado do numero de pacientes que necessitam do tratamento. No PSF existe o Sistema de Cadastramento e Acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos (HIPERDIA) que acompanha esses pacientes durante o tratamento, proporcionando atenção e assistência necessária. Os medicamentos são fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), através da RENAME que é uma lista dos medicamentos considerados essenciais para tratar as doenças mais comuns da população, de acordo com a necessidade de cada estado e município, garantindo o acesso desses medicamentos à população. Assim o objetivo é avaliar a quantidade e disponibilidade de medicamentos antihipertensivos e os hipoglicemiantes para os adultos cadastrados no programa HIPERDIA no PSF do município de Ivinhema-MS. O estudo baseou-se nos dados de consumo e disponibilidade de antihipertensivos e hipoglicemiantes fornecidos pelo posto de saúde selecionado. Foi observado que o consumo de medicamentos antihipertensivos e hipoglicemiantes fornecidos para a população cadastrada no programa HIPERDIA do posto de saúde foi elevado, o captopril foi o medicamento mais dispensado, e em segundo vem a glibenclamida. Considerando que é alto o consumo de medicamentos antihipertensivos e hipoglicemiantes, e que é a classe que mais cresce no Brasil, percebe-se a importância de planejar e realizar ações que possam garantir tratamento adequado para a população.


Abstract:
Brazilian researchers is increasingly doing studies with the population using prescription drugs continue to treat hypertension and diabetes mellitus, which often depends on obtaining free. The lack of these drugs can be related to lack of programming inadequate control of the number of patients needing treatment. In the PSF is the System Registration and Monitoring of Hypertensive Diabetics and (HIPERDIA) accompanying these patients during treatment, providing care and assistance. The medications are supplied by the Unified Health System (SUS), through which RENAME is a list of essential medicines to treat the most common diseases of the population, according to the needs of each state and municipality, ensuring access to these drugs population. So the goal is to assess the amount and availability of antihypertensive medications and hypoglycemic for adults enrolled in the program HIPERDIA in the municipality of PSF Ivinhema-MS. The study was based on data availability and consumption of antihypertensive and hypoglycemic provided by health centers selected. It was observed that the consumption of antihypertensive and hypoglycemic drugs provided to people enrolled in the program HIPERDIA the clinic was high, the drug captopril was more relieved, and second comes glibenclamide. Whereas high consumption of antihypertensive and hypoglycemic drugs, and that is the fastest growing class in Brazil, one realizes the importance of planning and carrying out actions that will ensure proper treatment for the population.