Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

COMPARAÇÃO DA AMPLITUDE DE FLEXÃO E ABDUÇÃO DO OMBRO NO PÓS-OPERATÓRIO TARDIO DE MASTECTOMIA E QUADRANTECTOMIA

AMPLITUDE COMPARISON OF THE FEXING AND OPENING IN THE SHOULDER OF THE PRE-OPERATIVE OF MASTECTOMY AND QUADRANTECTOMIA

Autores:
MOITINHO, Nathalia Abdala1; RIOS, Ângela Amanda Nunes2

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:
A fisioterapia é primordial na reabilitação durante o pós-operatório, pois proporciona o retorno precoce as atividades de vida diária e, auxilia na prevenção de complicações. Esta pesquisa teve como finalidade comparar amplitude de movimento durante a flexão e abdução de ombro em mulheres que foram submetidas à mastectomia e a quadrantectomia. Foram avaliadas 18 mulheres no pós-operatório de câncer de mama, no período de janeiro a outubro de 2008. A avaliação constou: a anamnese, a perimetria, a goniometria de membros superior e avaliação de funcionalidade. Através da análise dos resultados, observou-se uma diminuição do arco de movimento durante a flexão e abdução de todas as mulheres avaliadas, notou-se que não houve diferença significativa na comparação das amplitudes dos dois tipos de cirurgia mamária. Todas as mulheres estavam expostas a algum fator que as deixavam suscetível a limitação articular do ombro, sendo assim, foi encontrado dificuldades nas atividades diárias que exigiam o movimento de flexão e abdução do ombro. A amplitude de movimento das mulheres que realizaram fisioterapia mostrou-se superior em relação às mulheres que não foram submetidas à terapia, no entanto não houve diferença estática. Portanto considerou-se que independente da abordagem cirúrgica, todas as mulheres avaliadas apresentaram limitação articular durante a flexão e abdução do ombro homolateral, por isso deve-se incluir a fisioterapia na assistência para reabilitação física da mulher no pós-operatório do câncer da mama.


Abstract:
The physiotherapy is fundamental in the rehabilitation during the pre-operative, therefore provides the early return in the daily life activities and, helps in the prevention of complications. This research has the purpose to compare amplitude of movement during the flexing and abduction of a shoulder in women that were submitted to the mastectomy and to quadrantectomy. There were evaluated 18 pre-operative wives of the breast cancer, in the period of January through October of 2008. The evaluation show: the anamneses, the parametric, the goniometric of upper members and some related questions to the functionality. Through the analysis of the results, was observed a diminution of the arch of movement during the flexing and abduction of all the women evaluated, it was noticed that had a significant difference in the comparison of the amplitudes of the two kinds of breast surgery. All the women were displayed to some factor that left them susceptible of articulate limitation of the shoulder, in this way, was found difficulties in the daily activities that required the movement of inflection and abduction of the shoulder. The amplitude of movement of the women that did physiotherapy showed itself superior regarding the women that were not submitted to the therapy, however had no static difference. Therefore it considered that the independent of the surgical approach, all the women evaluated showed articulate limitation during the inflection and abduction of the same side of shoulder, that''s because must included the physiotherapy in the aid for physical habilitation of the wife in the pre-operative of the breast cancer.