Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

IMPACTO DA EQUOTERAPIA NO CONTROLE POSTURAL DE PACIENTE PORTADOR DA SÍNDROME CTNNB1- RELATO DE CASO.

IMPACT OF EQUOTHERAPY IN THE POSTURAL CONTROL OF PATIENT CARRIER OF CTNNB1 SYNDROME- CASE REPORT.

Autores:
VIANA, Daniela Leal 1; GOMES, Cíntia da Silva 2; ALBERGARIA, Tatiane Falcão dos Santos 3; BOUZAS, Maiara Lanna Souza Bacelar 4; OLIVEIRA, Maria Aparecida Caldas de 5; VIANA, Débora Leal 6

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:
Objetivo: Mutações do CTNNB1 foram relatadas, como uma síndrome de deficiência intelectual rara, com características clínicas de atraso motor significativa com hipotonia do tronco, hipertonia distal progressiva, perda da fala, anomalias comportamentais, muitas vezes microcefalia e características faciais dismórficas. Segundo a literatura o uso da equoterapia como intervenção terapêutica em pacientes com alterações de tônus e controle postural tem se mostrado eficaz visando melhora no quadro motor. Materiais e métodos: Relato de caso, observacional, sobre um paciente portador da síndrome CTNNB1, proveniente da Associação Baiana de Equoterapia (ABAE) da cidade de Salvador-Ba. Os dados clínicos foram analisados utilizando a ficha de avaliação usada pela ABAE. Para avaliar o impacto no controle postural foi utilizada a escala de equilíbrio pediátrica e avaliação da marcha em ambiente terrestre na primeira e na segunda avaliação. Resultados: Escala de Equilíbrio Pediátrica o paciente obteve na primeira avaliação pontuação 13 e 16 pontos na segunda, de uma pontuação máxima de 56 pontos. Na avaliação da marcha em ambiente terrestre obteve 27,2cm de comprimento do passo e 51,5cm de comprimento da passada, após dez sessões da equoterapia os resultados foram 30cm de comprimento do passo e 62,5cm de comprimento da passada, na velocidade da passada obteve-se0,16 na primeira avaliação e 0,25na segunda, a cadência na primeira avaliação atingiu o valor de 24 passos por minuto obtendo na segunda 46 passos por minuto. Conclusão: Equoterapia como modalidade terapêutica para paciente com síndrome CTNNB1 mostrou-se ser uma alternativa de tratamento importante, contribuindo para seu desenvolvimento motor.


Abstract:
Objective: CTNNB1 mutations have been reported as a rare intellectual disability syndrome, with clinical features of significant motor retardation with trunk hypotonia, progressive distal hypertonia, speech loss, behavioral anomalies, often microcephaly and dysmorphic facial features. According to the literature, the usage of equotherapy as a therapeutic intervention in patients with tonus alterations and postural control has been effective in improving motor status. Materials and methods: Observational case report about a patient with CTNNB1 syndrome, from Bahian Association of Equotherapy (ABAE) in the city of Salvador, BA. The clinical data was analyzed using the evaluation form of ABAE. In order to evaluate the impact on postural control, it was used the pediatric balance scale and gait assessment in terrestrial environment in the first and second evaluation. Results: Pediatric Balance Scale: the patient scored 13 in the first evaluation and 16 points in the second, of a maximum score of 56 points. In the gait assessment in terrestrial environment, he got 27.2 cm of step length and 51.5 cm of step length. After ten sessions of equotherapy, results were 30 cm of step length and 62.5cm of step length; in speed of step, it was achieved 0.16 in the first evaluation and 0.25 in the second; the rate in the first evaluation reached 24 steps per minute; in the second, 46 steps per minute. Conclusion: Equotherapy as a therapeutic modality for patients with CTNNB1 syndrome has been shown to be an important treatment alternative, contributing to its motor development.