Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

SÍNTESE A FRIO E PROPRIEDADES SENSORIAIS DE SABONETES FORMULADOS COM ARGILA VERDE E ÓLEOS VEGETAIS

COLD- PROCESS AND SENSORY PROPERTIES OF SOAPS FORMULATED FROM GREEN CLAY AND VEGETABLE OILS

Autores:
SANTOS, Daniele Cristina dos1; CECONI, Rosemary Godoi 2; TESCAROLLO, Iara Lúcia 3

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:
O presente trabalho consistiu no desenvolvimento e avaliação das propriedades físico-químicas e sensoriais de sabonetes formulados com argila verde, óleo de oliva e óleo de rosa mosqueta a partir da saponificação a frio. Também teve como objetivo verificar a aceitação e a intenção de compra do produto a partir do uso da escala hedônica de sete pontos. Com relação às propriedades físico-químicas as amostras foram avaliadas quanto ao aspecto, cor, odor, peso-médio, perda de peso por estocagem, teste de resistência à luz, absorção de água, perda de massa e amolecimento, formação de rachaduras, formação de espuma e pH por um período de 28 dias. Os sabonetes obtidos se apresentaram dentro dos critérios de qualidade estabelecidos para o produto, entretanto com desgaste de massa superior a 40%. Este estudo demonstrou que foi possível utilizar argila verde, óleo de oliva e óleo de rosa mosqueta na criação e produção de sabonetes, ampliando a possibilidade do emprego de matérias-primas naturais. Os resultados das análises sensoriais demonstraram aceitação satisfatória do sabonete, oportunizando inovação dentro do segmento cosmético.


Abstract:
This work consisted in the development and assessment of physicochemical properties and sensory analysis of soap formulated with green clay, olive oil and rosehip oil from the Cold Process. Also aimed to verify the acceptance and intention to purchase the product from the use of hedonic scale of seven points. Regarding the physical and chemical properties of the samples were evaluated for appearance, color, odor, weight-average, weight loss for storage, light resistance, water absorption, weight loss and softening, crack formation, foaming and pH for a period of 28 days. The soaps obtained were within the quality criteria established for the product, however with mass wear greater than 40%. This study demonstrated that it was possible to use green clay, olive oil and rosehip oil in the creation and production of soaps, increasing the possibility of using natural raw materials. The results of sensory analysis showed satisfactory acceptance of soap, providing opportunities for innovation within the cosmetic segment.