Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

PREVALÊNCIA DE EXCESSO DE PESO E OBESIDADE EM ADULTOS NO MUNICÍPIO DE DOURADOS - MS.

PREVALENCE OF EXCESS OF WEIGHT AND OBESITY IN ADULTS IN THE CITY OF DOURADOS - MS.

Autores:
GADANI, Julice Angélica Antoniazzo Batistão 1; RIBAS, Dulce Lopes Barboza 2; SILVA, Baldomero Antonio Kato da 3; SILVA, Tailci Cristina da 4.

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:
O excesso de peso e a obesidade estão presentes em níveis elevados em município do interior do país, contribuindo negativamente para as condições de saúde da população e servindo de alerta para a necessidade do estabelecimento de estratégias locais de intervenções. Estimar a prevalência de excesso de peso e obesidade em adultos residentes na área urbana de Dourados, MS, Brasil. Estudo transversal de base populacional, com amostra aleatória estratificada proporcional por sexo, grupo etário e região de moradia, totalizando 402 indivíduos. Foram obtidos dados socioeconômicos, medidas antropométricas de peso, altura e circunferência da cintura. O estado nutricional foi avaliado com base no índice de massa corporal, razão cintura/estatura e índice de conicidade. Foram estudados 402 indivíduos, sendo 193 homens (48%) e 209 mulheres (52%). A prevalência de déficit de peso foi de 1,8%, o excesso de peso 36,3% e a obesidade 28,1%. Não houve diferença significativa nos valores de IMC e sexo (p = 0,8478). A circunferência da cintura esteve elevada em 64,7% (260). De acordo com o índice cintura/estatura há riscos de disfunções cardiovasculares e metabólicas em 49% (197) da amostra. Considera-se expressiva a prevalência de excesso de peso, obesidade e de adiposidade abdominal de ambos os sexos.


Abstract:
Excess of weight and obesity are present at high levels in medium-sized municipality in the country, contributing negatively to the health of the population and serve as a warning to the need for the establishment of local interventions. Estimate the prevalency of excess of weight and obesity in adults residing in the urban area of Dourados, MS, Brazil. Transversal study of populational base with probable stratification sample by gender, age group and region of residence, totalizing 402 individuals. There were obtained socioeconomic data, anthropometric measurements of weight, height and waist circumference. The nutritional state was evaluated on basis of body mass index (BMI), waist/stature ratio and conicity index. We have studied 402 individual, being 193 men (48%) and 209 women (52%). The prevalency of weight deficit was 1,8%. The excess of weight was observed in 36,6%. Obesity was observed in 28,1%. There was no statistically significant difference in the valves of BMI among the sexes (p=0,8478). The waist circle was elevated in 64,7% (260) of individuals. According to the waist/stature index there are risks of metabolic and cardiovascular disfunctions in 49% (197) of the sample. We have considered expressive the prevalency of excess of weight, obesity and abdominal adiposity of both sexes.