Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

AVALIAÇÃO DA COLESTEROLEMIA EM CRIANÇAS ATENDIDAS EM UM LABORATÓRIO NO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ-MA

EVALUATION OF CHOLESTEROL IN CHILDREN ATTENDING A LABORATORY IN THE CITY OF IMPERATRIZ-MA

Autores:
FIRMO, Wellyson da Cunha Araújo; COELHO, Larissa da Silva; MARTINS, Nayana Bandeira; NUNES, Sheila Elke Araújo; MILHOMEM FILHO, Edem Oliveira

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:
A hipercolesterolemia é caracteriza pelo aumento do colesterol total circulante no sangue e pode ser associada à obesidade, alta ingestão de alimentos ricos em colesterol, baixa ingestão de fibras, sedentarismo ou problema de ordem genética, manifestado pela maior produção endógena de colesterol. E estudos têm explanado que é um fator de risco para aterosclerose, sendo que a prevenção e a investigação na infância de dislipidemia são de suma importância. O objetivo deste trabalho foi em fazer um levantamento sócio demográfico e analisar exames laboratoriais de crianças que realizaram o exame de colesterol total e frações em um laboratório no município de Imperatriz-MA, caracterizando um estudo descritivo do tipo corte transversal. Foram entrevistadas 75 crianças de 03 a 14 anos de idade, onde apenas 12 (16%) das crianças realizaram exame de colesterol. A maioria das crianças 08 (67%) era do sexo feminino. Em relação à etnia das crianças 06 (50%). Segundo a classificação em relação à faixa etária 05 (42%). Conforme a renda familiar 08 (67%) possui renda familiar de até 01 salário mínimo. Quanto à prática regular de atividade física 11 (92%) não praticam exercícios físicos. Através das análises laboratoriais de colesterol, HDL-colesterol e LDL-colesterol, 12 (100%) das crianças apresentaram dentro da normalidade, apenas os triglicerídeos apresentou-se alterado 03 (25%). Conhecendo os danos que a dislipidemia acarreta é importante que o médico pediatra faça a investigação precoce tomando medidas para a mudança de estilo de vida das crianças.


Abstract:
Hypercholesterolemia is characterized by increased total cholesterol circulating in the blood and can be associated with obesity, high intake of foods high in cholesterol, low fiber intake, sedentary lifestyle or genetic problem of order, manisfested by increased endogenous production of cholesterol. And studies have explained that it is a risk factor for atherosclerosis, and the prevention and investigation of dyslipidemia in children is of paramount importance. The aim of this study was to survey and analyze socio-demographic laboratory tests of children who were examined for total cholesterol and fractions in a laboratory in the city of Imperatriz-MA, featuring a descriptive transversal. We interviewed 75 children from 03 to 14 years old, where only 12 (16%) of the children have a cholesterol test. Most children 08 (67%) were female. Regarding the ethnicity of 06 children (50%). According to the classification in relation to age 05 (42%). According to family income in 2008 (67%) have family incomes of up to 01 minimum wage. As for the practice of regular physical activity 11 (92%) did not exercise. Through laboratory testing of cholesterol, HDL-cholesterol and LDL-cholesterol, 12 (100%) of children had normal, only the triglycerides it was abnormal 03 (25%). Knowing the damage that leads to dyslipidemia is important that the pediatrician do the research early taking steps to change the lifestyle of children.