Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

FATORES RELEVANTES À NÃO REALIZAÇÃO DO EXAME PAPANICOLAU EM ACADÊMICAS DE ENFERMAGEM DA UNIGRAN

RELEVANT FACTORS TO THE NO REALIZATION OF THE PAP TEST IN NURSING ACADEMICS OF UNIGRAN

Autores:
CARVALHO, Francieli Bezerra; RODRIGUES, Damaris Aparecida; SANTOS, Nayana Rosa

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:
Este estudo objetivou investigar no cotidiano das discentes do Curso de Graduação em Enfermagem, a adesão à prevenção do câncer de colo uterino, medindo a prevalência e identificando alguns fatores relevantes à não realização do Exame Papanicolaou, visando à importância e o benefício do exame para a prevenção de agravos à saúde, principalmente o câncer cérvico-uterino. Tratou-se de uma pesquisa quantitativa descritiva, desenvolvida no Centro Universitário da Grande Dourados – Unigran, de base populacional em uma amostra sistemática de 120 mulheres, obtendo-se os dados através de questionário estruturado mediante visita às salas de aula de 1ª a 4º ano de 2009. Foram analisados informações sobre as 120 acadêmicas. Os resultados mostram que as pesquisadas conhecem a importância do exame, a maioria realiza-o anualmente e, no geral, apresentam conhecimento satisfatório sobre os cuidados antes do exame, porém não o é por outras. A vergonha de fazer o Exame de Papanicolaou e a discente achar-se muito nova para se submeter a ele são as principais causas atribuídas para a sua não realização. Observou-se que o conhecimento adquirido no decorrer das disciplinas não impõe nas acadêmicas a aderência de na prática, cuidar da própria prevenção. Conclui-se que os projetos educativos sejam direcionados para a importância, a freqüência e os cuidados necessários antes do Exame de Papanicolau, como também, para a interação profissional-cliente durante a consulta ginecológica, visando reduzir a vergonha e o medo dessas mulheres.


Abstract:
This study aimed to investigate the daily lives of academics of the Graduate of Nursing Course, the adherence to the prevention of cervical cancer measuring the prevalence and identifying some relevant factors to the no realization of Pap test aiming to the importance and benefit of the examination for the prevention of health problems especially cervical cancer. This was a descriptive quantitative research developed at the University of Grande Dourados – UNIGRAN with population based on a systematic sample of 120 women obtaining data through a structured questionnaire by means of visits to the classrooms of 1st to 4th year of 2009. It was analyzed information about the 120 academics. The results showed that the interviewed knew the importance of the examination, the majority had it annually and, in general, presents satisfactory knowledge about the care, before the examination but not by the others. The shame of doing Pap test and students finding themselves too young to submit themselves to it are the main causes attributed to its no realization. It was observed that the knowledge gained during the disciplines does not command in the academics the adherence of in practice, take care of their own prevention. It was concluded that the educational project has to be directed to the importance, the frequency, and the necessary care before the Pap test as to the professional-client interaction during gynecological care aiming to reduce the shame and fear of this women.