Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

DA AMAMENTAÇÃO AOS AFETOS DA VIDA ADULTA

OF THE BREAST-FEEDING TO THE AFFECTIONS OF THE ADULT LIFE

Autores:
SILVA, Luciana Codognoto da; DAUBER, Lia

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:

O presente trabalho objetiva evidenciar o processo de amamentação como fator estruturante dos vínculos afetivos humanos. Sigmund Freud e sucessores da teoria psicanalítica (Bowlby e Klein) sempre foram unânimes em reconhecer a importância das primeiras relações objetais como base para o desenvolvimento emocional e afetivo da criança. Sob esse prisma, o presente trabalho traz considerações referentes ao desenvolvimento infantil, contrapondo os pontos mais importantes na teoria das relações objetais, bem como aponta o processo histórico-cultural da amamentação, através do estudo bibliográfico. Por conseguinte, as primeiras relações da criança com o mundo externo, estabelecidas através da oralidade, contribuirão para o seu desenvolvimento emocional, possibilitando-lhe firmar os alicerces de sua vida afetiva adulta, culminado no estabelecimento, manutenção, ou ainda, no rompimento de seus vínculos amorosos e interpessoais. Logo, os sentimentos ambivalentes de amor e ódio tornar-se-ão partes de um mesmo processo, sendo dirigidos, apenas, aos objetos de grande significado para a vida humana.

 

Palavras-chave: Amamentação, Afeto, Relações de Objeto, Psicanálise.


Abstract:

The present work aims at to evidence the breast-feeding process as factor estruturante of the human affectionate bonds. Sigmund Freud and successors of the theory psychoanalysis (Bowlby and Klein) they were always unanimous in recognizing the importance of the first relationships object as base for the child''s emotional and affectionate development. Under that prism, the present work brings considerations regarding the infantile development, opposing the most important points in the theory of the relationships objects, as well as it points the historical-cultural process of the breast-feeding, through the bibliographical study. Consequently, the child''s first relationships with the external world, established through the oral, they will contribute to his emotional development, making possible to firm him the foundations of his adult affectionate life, culminated in the establishment, maintenance, or still, in the breaking of their loving bonds and interpessoais. Therefore, the ambivalent feelings of love and hate will become leave of a same process, being driven, just, to the objects of great meaning for the human life.

 

Key-Words: Breast-feeding, Affection, Relationships of Object, Psychoanalysis.