Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

EXERCÍCIOS RESISTIDOS NO TRATAMENTO DE PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA

STRENGTHENNING IN TREATMENT OF PATIENTS WITH FIBROMYALGIA

Autores:
GRIZZA, Everton Mario; LIMA, Angela Cristina

Baixe o Artigo aqui (pdf)


Resumo:

A fibromialgia pode ser definida como uma síndrome reumática caracterizada por dores músculo-esqueléticas crônicas difusas, cuja etiologia é desconhecida. Este estudo tem como objetivo verificar e comparar os resultados dos exercícios resistidos realizados em piscina aquecida e em solo, na melhora da dor e do impacto que a doença impõe aos pacientes com fibromialgia. Participaram da pesquisa 6 pacientes do sexo feminino (média de idade de 45,16 ± 9,37 anos), com diagnóstico clínico de fibromialgia segundo os critérios do Colégio Americano de Reumatologia (1990), após assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido. As pacientes foram divididas em 2 grupos distintos: grupo 1 (hidroterapia) e grupo 2 (solo). Foi utilizado um questionário padronizado para avaliar o impacto que a fibromialgia exerce na qualidade de vida dos pacientes. O parâmetro dor foi avaliado através da Escala Analógica Visual da dor (VAS) e do Índice de Incapacidade Relacionada à Dor. Foram realizadas sessões com duração média de 45 minutos, distribuídos em aquecimento, exercícios resistidos isotônicos (1 série de 10 repetições) e relaxamento final. Através deste estudo, observou-se que as pacientes tratadas obtiveram melhora da dor e diminuição do impacto que a fibromialgia exerce na sua qualidade de vida. Foi constatado que os resultados obtidos em solo foram mais positivos em relação aos realizados em piscina aquecida. Sugere-se estudos com um número maior de pacientes, condições adequadas do ambiente aquático, verificação da duração dos resultados, inserção de outros critérios de avaliação como fadiga, qualidade de vida e atividades de vida diária.

 

Palavras chave: hidroterapia, qualidade de vida, dor crônica.


Abstract:

The Fibromyalgia can be defined like a syndrome rheumatic characterized by pains diffuse chronic muscle-skeletal, etiology is a stranger. This study has like objective verify and compare the results of the exercises resisted carried out in heated swimming pool and in soil, in the best one of the pain and of the impact that myself illness imposes to the patients with fibromyalgia.  Participated of the research 6 patients of the sex female (medium of age of 45,16 ± 9,37 years), with clinical diagnosis of fibromyalgia second the criteria of the American College of Rheumatology (1990), after signature of the term of free consent and cleared.  The patients were divided in 2 distinct groups: group 1 (hydrotherapy) and group 2 (soil).  It was utilized a questionnaire standardized for evaluate the impact that to fibromyalgia exercises in the quality of life of the patients.  The parameter pain was evaluated through of the Visual Analog Scale of the pain (you COME) and of the Index of Incapacity Related to the Pain.  They were carried out sessions with medium duration of 45 minutes, distributed in heating, strengthenning isotonic (1 series of 10 repetitions) and final relaxation.  Through of this study, observed itself that the treated patients all obtained a better one of the pain and diminution of the impact that to fibromyalgia exercises in in her quality of life.  It was established that the results obtained in soil, were more positive regarding them carried out in heated swimming pool.  It suggests themselves studies with a bigger number of patients, adequate conditions of the aquatic environment, verification of the duration of the results, insertion of others criteria of evaluation as fatigue, quality of life and activities of daily life. 

 

Key-words: hydrotherapy, quality of life, chronic pain, fibromyalgia, syndrome rheumatic.