Pensamento do Dia:
"Uma grande história é feita de grandes desafios que são conquistados com grandes esforços, formados de grandes sonhos e vindos de um grande Deus".
Dourados - MS, 24 de Fevereiro de 2018

DEVOÇÃO MARIANA


29/01/2018 - A cristandade, humildade e fé da Virgem Maria: Rezar o rosário.


Devemos rezar sempre o santo Rosário que Maria nos recomendou em muitas aparições, para melhorarmos o nosso sentimento em relação ao amor concreto que Deus tem por cada ser humano.

Todos nós fomos criados conforme a imagem de Deus (cf. Gn 1, 26). Maria Santíssima é a única pessoa que nunca ofuscou esta imagem. Ela foi preservada de toda a falsa liberdade que o mundo prega, Ela é a obra intacta da Santíssima Trindade, Ela sempre soube responder ao Amor com amor.

Em Nossa Senhora da Assunção, toda a cristandade tem uma poderosa advogada e um magnífico modelo. Dela aprendemos que só seremos felizes realizando a vontade de Deus em nossas vidas.

Maria, por ser cheia de graça, pode nos auxiliar, interceder a Deus por nós no caminho de resposta ao plano de Deus. Por essa razão, Ela é modelo de todos os consagrados que procuram oferecer sua vida, seu “sim” a Deus em favor de seus irmãos. Rezemos por eles para que vivam cada vez mais com intensidade a sua entrega, a exemplo de Maria.

Termino esta pequena reflexão com esta oração:

“Ó Virgem Imaculada, Mãe de Deus e Mãe dos homens! Com todo o fervor de nossa fé cremos em vossa Assunção triunfal em corpo e alma ao céu onde sois aclamada Rainha de todos os coros angélicos e de toda a assembleia dos santos! A eles nos unimos para louvar e bendizer o Senhor que vos exaltou acima de todas as simples criaturas, e para oferecer-vos o fervor de nossa devoção e de nosso amor. Estremece vosso coração de beatificante ternura, e vossa alma de alegria, ao contemplar face a face a adorável Trindade! Nós, pobres pecadores, a quem o peso do corpo impede o voo da alma, suplicamo-vos purifiqueis nossos sentidos para que aprendamos, desde este mundo, a saborear Deus, só Deus, no encanto das criaturas. Nós que vos invocamos como nossa Mãe, vos tomamos, como João, por guia, força e consolação de nossa vida mortal”.

Fonte: Canção Nova



Voltar

Unigran Pastoral Universitária