ISSN: 23170336

VOLUME: 4 EDIÇÃO ESPECIAL JANEIRO/JULHO 2015 Art. Completo

TÍTULO: Política industrial, estruturas produtivas e corporações em Mato Grosso do Sul/Brasil1

AUTORES: RIBEIRO-SILVA, C. H.1, PRUDENCIO-SILVA, M. H.1.2

RESUMO: Nos últimos anos a economia industrial/financeira tem articulado cada vez mais territórios no jogo produção/consumo. Nesse sentido, a atividade industrial no Mato Grosso Sul, nutrida por uma desconcentração industrial do estado de São Paulo e, aliado a isso a criação políticas industriais pelo Estado para fomentar a industrialização provocou uma onda estruturadora de territórios orientados para atender uma demanda internacional de produtos primários. As estruturas produtivas dependem majoritariamente desses investimentos estatais, sobretudo, nos eixos de circulação, e nesse sentido, as corporações passaram a ter maior presença em Mato Grosso do Sul. Esse é o ponto de partida desse trabalho para compreensão do desenvolvimento regional e a corporativização do território sul-mato-grossense.

PALAVRAS-CHAVE: Estruturas Produtivas, Política Industrial, Corporações.

ABSTRACT: In recent years industrial economics / finance has increasingly articulated regions match the production / consumption. In this sense, the industrial activity in Mato Grosso do Sul, nourished by an industrial deconcentration of São Paulo and, combined with this creation by the state industrial policies to promote industrialization triggered a wave of structuring territories targeted to meet international demand for products primary. Productive structures depend mostly these state investments, especially in transport routes, and in that sense, corporations now have greater presence in Mato Grosso do Sul This is the starting point of this work for understanding of regional development and corporatization of the territory south mato Grosso.

KEYWORDS: Productive Structures, Industrial, Corporations.