ISSN: 23170336

VOLUME: 6 Art. Completo

TÍTULO: ESTUDO DAS EQUAÇÕES DE NAVIER-STOKES E SUAS APLICAÇÕES NA ENGENHARIA

AUTORES: HENRIQUE, G.¹, MICHELS F.S .², PASSOS W.³

RESUMO: Um conjunto de equações com interesse mais que teórico, mas também econômico é desenvolvido por meio de taxas, ou seja, desenvolvidos e aplicados com o auxílio de cálculo e em casos simplificados, empregados de maneira a solucionar com parâmetros gerais simplificados, um escoamento incompressível e laminar. As Equações de Navier-Stokes se atem basicamente, na relação distribuição de velocidade e pressão partindo de pressupostos da interação elemento e fluido, utilizando-se de cálculo tensorial. Onde a dedução formalizada será exposta na presente revisão bibliográfica. A distinção essencial do tratamento diferencial é o interesse prático resolutivo, isto é, não se determina inicialmente a relação entre velocidade e pressão em suas magnitudes, mas em suas variações, possibilitando estudos aprofundados quanto a influência sobre estruturas e compreendendo a dinâmica dos fluidos em todos os pontos do deslocamento, tendo de início dados geralmente simples e condições de contorno previamente definidas. Neste instante, os principais tópicos centram-se nas definições básicas de Mecânica dos fluidos, na distribuição do campo de velocidade sob o ponto de vista das Equações de Navier-Stokes, demonstrando dessa maneira, a importância das formulações na conceitualização que sustenta as Leis Clássicas de Movimento dos Fluidos.

PALAVRAS-CHAVE: Equações de Navier-Stokes, Análise Diferencial dos Fluidos, Tensores-Tensão, Campo de Escoamento.

ABSTRACT: A set of equations with interest more than theoretical, but also economical is developed through rates, ie developed and implemented with the help of calculation and simplified cases, employees in order to solve with simplified general parameters, an incompressible flow and laminar. The Navier-Stokes equations sticks basically the relationship of velocity and pressure distribution assumptions starting interaction element and eluted, using tensor calculation. Where formalized deduction will be exposed in this literature review. The essential distinction of the differential treatment is practical interest resolvent, i.e., does not initially determine the relationship between velocity and pressure in their magnitudes, but its variations, enabling extensive studies about influence on structures comprising fluid dynamics in all the points of displacement, having to start data usually simple, pre-defined boundary conditions. Right now, the main topics are concentrated on the basic definitions of Fluid Mechanics, the distribution of the velocity field from the point of view of the Navier- Stokes equations, showing in this way, the importance of the formulations in the conceptualization that supports the Classic Laws of Fluid Motion.

KEYWORDS: Navier-Stokes equations, Differential Analysis of Fluid, Tensores-voltage, flow field.